Futebol

Técnico paraguaio é oferecido e Galiotte toma decisão; comandante está sem clube no momento

Técnico paraguaio é oferecido e Galiotte toma decisão; comandante está sem clube no momento - 1

​A próxima semana para o ​Palmeiras será decisiva na definição do novo técnico da equipe, o novo diretor de futebol também será escolhido em breve pelo presidente Maurício Galiotte. Rodrigo Caetano, do​ Internacional, e Diego Cerri, do ​Bahia, ainda seguem como favoritos e se reunirão com o clube nos próximos dias.

 

FBL-WC-2018-PAR-PRESSER

 

Já para a comissão técnica, o Alviverde mantém o desejo em Jorge Sampaoli e uma oferta ao santista deve ser entregue após o fim do Campeonato Brasileiro. Apesar de o argentino ser unanimidade no Maior Campeão do Brasil, outros nomes também aparecem como opções. Nesta quinta-feira (05) ​o site ‘UOL’ noticiou que o paraguaio Arce, ex-jogador e ídolo do Verdão, foi oferecido. Porém, o Palestra teria recusado o treinador.

“Em meio à busca por treinadores para o lugar deixado por Mano Menezes, o Palmeiras recebeu a oferta de Chiqui Arce. O paraguaio tem identificação com a equipe após sua passagem no fim dos anos 1990 e está sem clube e já tem passagens por equipes de tradição de seu país como o Cerro Porteño e o Olímpia, além da passagem pela seleção. Ainda assim, a princípio, Jorge Sampaoli segue como o nome preferido da diretoria alviverde. Arce terá seu nome na lista de opções caso o argentino não entre em um acordo”, noticiou o portal.

 

 

Arce é ídolo do Palmeiras e atuou pelo clube entre os anos de 1998 e 2002. Ao todo, o ex-lateral disputou 242 partidas e marcou 57 gols. Além do Palestra, o paraguaio também jogou pelo Grêmio de 1995 a 1997: disputando 134 jogos e marcando 25 golsChiqui Arce ainda atuou por Cerro Porteño, Gamba Osaka, Libertad e 12 de Octubre. 

 

CRÉDITO DA FOTO: ​Cesar Greco – Palmeiras 

Fonte: 90min