Futebol

Tiago Nunes cita clássico gaúcho para garantir que ambiente de pressão não o assusta

Tiago Nunes cita clássico gaúcho para garantir que ambiente de pressão não o assusta - 1

​Gaúcho de Santa Maria, Tiago Nunes rodou por vários clubes do interior antes de viver, no ​Athletico-PR, o maior momento de sua até então curta carreira de treinador. Depois de ganhar a Copa Sul-Americana no ano passado, ele está diante da chance de levantar, também, a taça da Copa do Brasil. Basta um empate contra o ​Internacional, nesta quarta-feira, para atingir este objetivo. E, aos 39 anos, ele garante que o ambiente de pressão que se formará no Beira-Rio não o atrapalha.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Nas quartas de final, quando não podia perder para o Flamengo, foi a um também repleto Maracanã, garantiu um empate e, nos pênaltis, se classificou. Antes deste duelo, foi questionado pelo pai sobre o que encontraria no Rio de Janeiro. E respondeu de forma categórica: “Quem enfrentou um Ba-Gua (clássico gaúcho entre Bagé e Guarany de Bagé) não se assusta com nada”, lembrou Múcio Nunes, em contato com o ​Uol Esporte.

No último domingo, logo após a derrota do Furacão para o Avaí por 1 a 0, pelo Brasileirão, Tiago Deixou seu futuro no clube em aberto. Se disse cansado. No entanto, depois explicou que irá avaliar a situação ao final do ano. “Eu fiquei surpreso (com a declaração), mas ele explicou. Está focado atento à decisão. Estou otimista, acho que tudo pode acontecer. Minha esposa está nervosa. O Inter é muito forte em casa. Vamos ver, mas independente do que acontecer, o importante é que ele conseguiu mostrar trabalho para o país todo”, completou o pai. É, sim, um jogo diferente. E se assustar está proibido.

Fonte: 90min


Talvez você também goste