Brasil

Galvão Bueno se une à torcida do Flamengo e “alfineta” Tite por Gabigol

Galvão Bueno se une à torcida do Flamengo e

Na manhã de quinta-feira (10), a Seleção Brasileira mais uma vez decepcionou sob o comando de Tite e ficou apenas no empate por 1 a 1 com Senegal, em Cingapura. Os amistosos (a equipe verde e amarelo ainda enfrenta a Nigéria nos próximos dias) na Ásia estavam no radar de milhões de torcedores por aqui, principalmente os do ​Flamengo, para as entradas de Rodrigo Caio e Gabigol, que, pela convocação, desfalcam o time em um momento importante do Campeonato Brasileiro.

Só que, ao longo dos 90 minutos, Tite não colocou nenhum dos jogadores comandados por Jorge Jesus e, nas redes sociais, milhares de integrantes da Nação Rubro-Negra ficaram inconformados com o técnico da Seleção. Os comentários eram bem agressivos em direção ao comandante brasileiro pelo fato de desfalcar o Mengão na reta final da temporada e, o pior, não utilizá-los em campo.

 

Gabriel Barbosa

 

Até Galvão Bueno ficou indignado com as escolhas de Tite. Poupado pela direção da TV Globo com o objetivo de estar 100% preparado para narrar a semifinal da Libertadores entre Flamengo e Grêmio, no próximo dia 23, o narrador não deixou de criticar o técnico do Brasil por não promover a entrada de Gabigol, o maior artilheiro em atividade no futebol do país, com 32 gols. 

“Vendo o jogo da Seleção e curtindo meus amigos e parceiros, Luis Roberto (narrador), Júnior e Casagrande (comentaristas)! Mas tá fraquinho o futebol da seleção! E aí, Tite, cadê o Gabigol?, questionou Galvão em sua conta no Instagram, que também sentiu falta da presença de Everton, do Grêmio, que só entraria na parte final do jogo contra Senegal. O camisa 9 do Flamengo é o goleador isolado do Campeonato Brasileiro com 18 gols. 

Pela viagem à Ásia pela Seleção Brasileira, Gabigol só deverá retornar ao time de Jesus na 26ª rodada quando o Flamengo enfrenta o Fortaleza, na Arena Castelão, na próxima quarta-feira (16). Ainda não é certa a presença do atacante e de Rodrigo Caio, já que a viagem de volta ao Brasil será longa e o cansaço pelo deslocamento e o fuso horário podem pesar para o português preservá-los no duelo contra os cearenses.

 

Com a derrota do Palmeiras para o Santos, na última quarta-feira (09), o Flamengo, mesmo sem Gabigol e Rodrigo Caio, pode abrir oito pontos do vice-colocado no Brasileirão se vencer o Atlético-MG, logo mais, no Maracanã. Vale citar que Jesus não ficou em cima do muro com a convocação de seus pupilos por Tite e chegou a ironizar o treinador da Seleção em entrevista coletiva.

Fonte: 90min


Talvez você também goste