Fechar
Brasil

Microsoft Edge vai tornar as notificações mais inteligentes e menos invasivas

Microsoft Edge vai tornar as notificações mais inteligentes e menos invasivas - 1

Navegar pela web neste momento significa, também, topar com inúmeras notificações em basicamente qualquer site visitado. A prática, que tem uma função de facilitar a divulgação de conteúdos, pode ser incômoda, afinal interfere visualmente na navegação, por isso, o Microsoft Edge prepara uma novidade que deve deixar esse cenário menos intrusivo.

Em uma postagem no seu blog oficial, a Microsoft descreve o que chama de “requisição de notificação adaptativa”. O recurso é uma ampliação da função “requisição de notificação silenciosa”, lançada no Edge 84, que segundo a empresa reduziu significativamente as reclamações de usuários sobre notificações invasivas.

Microsoft Edge vai tornar as notificações mais inteligentes e menos invasivas - 2
Notificações silenciosas estrearam no Edge 84 (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Contudo, as requisições silenciosas marcavam a existência de uma notificação com um ponto vermelho sobre o ícone de sino na barra de endereços (imagem acima). Apesar de bem recebido pela maior parte dos usuários, muitos reclamaram que não sabiam onde acessar a notificação em seus sites favoritos, o que levou a Microsoft à nova iniciativa relacionada ao tema.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

“Com essa nova abordagem, oferecemos tanto as requisições silenciosas quanto as completas com base em dados acumulados a partir das escolhas dos usuários”, informou a MS na postagem.

Notificações adaptativas

Ainda conforme a empresa, sites que mantém boas práticas de notificação tendem a ser mais bem recebidos pelo público, o que favorece a exibição das notificações completas (ou seja, não silenciadas por padrão). Ou seja, o Microsoft Edge a partir da versão 88 vai aprender com as ações de toda a sua comunidade de usuários a identificar as páginas que devem ou não ser silenciadas por padrão.

Como as requisições silenciosas vêm ativadas de maneira nativa no programa, é possível acessar as configurações do Edge (Configurações > Permites de sites e Cookies > Notificações) e definir manualmente a forma que for mais conveniente.

Apesar de bastante úteis em alguns casos, as notificações podem vir em quantidade excessiva e incomodar bastante a fluidez da navegação. A mudança proposta pela Microsoft é um avanço interessante e que pode trazer bons frutos não apenas para o Edge, mas que saber ser replicado em todo o ecossistema de navegadores baseados no Chromium (Chrome, Opera e Vivaldi, por exemplo).

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech