Fechar
Brasil

Netflix testa função que vai ajudar quem pega no sono ao assistir séries

Netflix testa função que vai ajudar quem pega no sono ao assistir séries - 1

Se você frequentemente cai no sono quando tenta pôr em dia suas séries na Netflix e depois fica um tempão tentando descobrir onde parou, um novo recurso finalmente deve ajudar você a retomar do episódio em que estava. Por ora disponível somente no Android, um temporizador está em fase destes no aplicativo do serviço de streaming.

A ideia é permitir que o próprio usuário ajuste cronômetro para interromper automaticamente a reprodução em 15, 30 ou 45 minutos ou ainda ao fim do episódio atual. Assim, quando deita para assistir uma série e desconfia que vai pegar no sono antes de terminar o capítulo, você pode programar para o app encerrar sozinho.

O recurso por enquanto está disponível apenas para perfis selecionados da Netflix no Android. A empresa pretende expandir para mais dispositivos no futuro, incluindo TVs e desktop, mas depende da aceitação dos usuários nos testes iniciais.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Como funciona

Para ajustar um temporizador que interrompe a reprodução de algo na Netflix, basta iniciar o episódio de uma série no seu Android. Depois, toque na tela e veja se aparece um ícone de relógio no canto superior direito, ao lado do atalho de transmissão para outros dispositivos. É só clicar ali e escolher o tempo desejado.

O recurso é útil não apenas para lhe ajudar a retomar de onde parou quando você cai no sono em meio a um episódio da sua série preferida, mas também para economizar bateria do celular. O app é encerrado e a tela fica liberada para apagar assim que for atingido o tempo programado no sistema.

Aqui na redação do Canaltech ninguém foi selecionado para participar do teste ainda. Se você foi um dos sortudos, conte-nos se está gostando ou passe mais informações sobre o recurso no campo de comentários.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech