Fechar
Notícias

WhatsApp prepara função básica de privacidade para rodar em vários dispositivos

WhatsApp prepara função básica de privacidade para rodar em vários dispositivos - 1

Não é segredo que o WhatsApp já testa a opção de funcionar em múltiplos dispositivos — computador, tablet e celular, tudo ao mesmo tempo. A ferramenta muda a dinâmica do mensageiro, já que o aparelho principal não é mais necessário para encaminhar mensagens e, por isso, recursos antigos e conhecidos precisam ser repensados, como parece ser o caso da função “excluir conversa”.

Quando uma mesma conta é ativada em múltiplos dispositivos de quem já testa a funcionalidade, deletar um chat só surte efeito na memória daquele aparelho específico. Para que uma conversa suma de vez, o usuário deve se lembrar de apagar a conversa em todas as instâncias do WhatsApp associadas à sua conta, um processo pouco intuitivo e contraproducente.

WhatsApp prepara função básica de privacidade para rodar em vários dispositivos - 2
Apagar uma conversa no celular também afetaria a mensagem que está salva no PC (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Aí é que vem a novidade: o “Delete chat” (“excluir conversa”, em português) é uma solução para esse problema. Na prática, o que a ferramenta faz é basicamente limpar aquela conversa em todos os dispositivos vinculados à conta ao mesmo tempo, poupando o usuário do processo manual de apagar em cada plataforma.


Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

O recurso foi encontrado pelo site WABetaInfo, que vasculhou o aplicativo e o encontrou ainda em desenvolvimento e indisponível até para testadores do WhatsApp Beta. Por enquanto, não há previsão de lançamento.

O suporte a múltiplos dispositivos no WhatsApp é uma de suas funções mais aguardadas e será um alento principalmente para administradores de contas comerciais. Até agora, porém, não se sabe quando a ferramenta será lançada para o público geral e sua disponibilidade segue limitada aos testadores oficiais.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech