Sem categoria

Racismo sofrido na Itália faz Balotelli mudar de ideia e empresário já ‘escolhe’ novo clube em 2020

Racismo sofrido na Itália faz Balotelli mudar de ideia e empresário já 'escolhe' novo clube em 2020 - 1

​O último final de semana foi mágico para o torcedor do ​Flamengo. Em menos de 24 horas, o clube se sagrou bicampeão da Libertadores e hepta do Campeonato Brasileiro, sendo que nem precisou entrar em campo para erguer a taça na competição de pontos corridos. A equipe de Jorge Jesus agora se concentra para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, e usará as quatro últimas rodadas do Brasileirão para dar ritmo aos pupilos.

 

Em meio a tanta festa na Gávea, não há como evitar falar do planejamento para 2020, em que a “cereja do bolo” será a permanência do Mister até dezembro – o português tem vínculo expirando em maio do ano que vem. Nos bastidores do clube, todavia, também começam as especulações envolvendo possíveis reforços para janeiro. E não é que o nome de Mario Balotelli voltou à pauta novamente? Na verdade, nem foram os dirigentes rubro-negros que tocam no assunto, mas se trata do próprio Mino Raiola, empresário do camisa 9.

 

Mario Balotelli

 

De acordo com o ​portal Goal, os ataques racistas que vem sofrendo com a camisa do Brescia-ITA já fizeram Balotelli pensar em deixar o clube natal. A declaração do presidente Massimo Cellino neste final de semana – classificada como piada incompreendida pelo cartola – foi a gota d’água para om estafe do jogador. “É negro, está trabalhando para clarear, mas está com dificuldade”, disse. Na janela de meio de ano, o Flamengo chegou a formalizar uma proposta ao agente do centroavante, porém o italiano preferiu defender o time da cidade onde passou sua infância. 

 

 

Entretanto em janeiro, quando a janela internacional se abrir, Raiola poderá entrar em contato novamente com o Flamengo. O agente de Balotelli voltou a cogitar o Rubro-Negro Carioca – agora com os dois títulos nessa reta final de temporada – assim como Galatasaray-TUR, onde joga o colombiano Falcão García. A boa relação deixada com o vice-presidente de futebol do Fla, Marcos Braz, pode ser fundamental para o agente do centroavante italiano optar por uma ida ao Brasil em 2020. Nesse contexto, caberá ao presidente Rodolfo Landim decidir se o negócio valerá ou não o investimento.

Fonte: 90min


Talvez você também goste