Ciência & Tecnologia Tecnologia

Amazon cria 6 mil empregos permanentes na Europa em 2014

A Amazon criou 6 mil novos postos de tempo integral na Europa em 2014 para responder à demanda em expansão, divulgou a varejista online americana nesta terça-feira. O anúncio surge uma semana após os rumores de crise na empresa por uma empreitada sem sucesso, o smartphone Fire Phone.

A companhia anunciou em comunicado que agora emprega 32 mil funcionários permanentes na União Europeia, com novos postos de trabalho criados em centros de logística, atendimento ao cliente, desenvolvimento de software, gestão da cadeia de suprimentos e design.

“Nós ainda estamos em uma fase de investimento e estamos ansiosos para sermos capazes de preencher mais posições em 2015”, disse o vice-presidente da Amazon para o varejo na União Europeia, Xavier Garambois, acrescentando que a demanda dos clientes na Europa foi maior do que nunca.

A Amazon disse que cerca de 1,2 mil dos novos empregos foram criados na Alemanha, seu segundo maior mercado depois dos Estados Unidos, onde emprega 10 mil funcionários em armazéns, além de mais de 10 mil trabalhadores sazonais. A Grã-Bretanha foi a segunda a obter mais posições novas, com o restante dos postos espalhados em outros países.

A empresa do presidente-executivo Jeff Bezos tem sido atingida na Alemanha por uma série de greves por melhores salários e condições de trabalho. Bezos, por sua vez, foi escolhido em votação online o pior chefe do mundo em 2014.


Talvez você também goste