Mundo Tech Tecnologia

Cratera de gelo gigante é encontrada em Marte

Para fechar o ano com sucesso na missão de explorar Marte, o orbitador Mars Express encontrou uma cratera enorme de gelo na superfície do Planeta Vermelho.

A missão Mars Express da Agência Espacial Europeia, a ESA, foi lançada em junho de 2003, entrando na órbita de Marte em dezembro do mesmo ano. Desde então, o orbitador vem usando uma câmera de alta resolução, além de radares, espectrômetros e outras ferramentas para fazer a inspeção da superfície do planeta. No início de 2018, a missão descobriu água debaixo de uma calota de gelo.

A descoberta da vez foi feita nas terras baixas do norte de Marte. Ao que tudo indica, a cratera mede cerca de 82 quilômetros de diâmetro e deve contar com 17 quilômetros de espessura de gelo em seu centro. Os cientistas acreditam que a cratera deve permanecer repleta de gelo o ano inteiro devido a um fenômeno chamado “armadilha fria”, em que o gelo resfria o ar, se tornando um escudo protetor e evitando que seja derretido.

Foto: ESA/DLR/FU Berlin


A foto da cratera é um composto de cinco imagens diferentes capturadas pela câmera estéreo de alta resolução do Mars Express, sendo tiradas pela primeira vez no início do ano. Então, a cada órbita, a câmera fazia a captura de outra parte da imagem.

A cratera foi batizada de Korolev em homenagem a Sergei Korolev, projetista de espaçonaves conhecido como o pai da aeronáutica soviética, trabalhando em missões históricas como o programa Sputnik e uma missão à Lua.

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste