Ciência & Tecnologia

Denúncia do Google ajuda polícia a prender agressor sexual

Um americano de 41 anos foi preso em Houston, Texas, por possuir pornografia infantil. A prisão de John Henry Skillern foi apenas possível por conta de uma dica do Google, que por ter acesso ao conteúdo do Gmail do homem, o denunciou para o Centro Nacional de Crianças Desapararecidas e Exploradas. As informações são do canal de TV americano KHOU.

Segundo a polícia, o Google detectou imagens explícitas de uma menina em um e-mail que Skillern enviou para um amigo, e alertou as autoridades. O homem já tinha sido preso por ter assediado sexualmente um garoto de 8 anos em 1994.

Depois de ter conseguido um mandado de busca, a polícia encontrou pornografia infantil no tablet e smartphone de Skillern. Ele trabalhava como cozinheiro em uma lanchonete e costumava gravar vídeos de crianças visitando o restaurante com suas famílias.

O Google não quis comentar à publicação sobre sua tecnologia usada para combater a pornografia infantil.


Talvez você também goste