Mundo Tech

Google Hangouts começa a ser descontinuado em outubro

A Google anunciou nesta semana que o desligamento do Hangouts para clientes corporativos começará em outubro de 2019. Esses usuários receberão, entre abril e setembro, as novas plataformas Chat e Meet, que substituirão o serviço original como as soluções de mensagens instantâneas e videoconferência da gigante. O calendário para usuários finais ainda não foi revelado.

Entretanto, já sabemos que versões gratuitas do Chat e do Meet serão disponibilizadas para eles após a transição da base de utilizadores corporativos. A expectativa é que o Hangouts continue funcionando, de alguma maneira, até o início de 2020, mas as especulações apontam que ele não deve passar do ano que vem, sendo substituído para todos pela nova plataforma de comunicação.

Alguns utilizadores e assinantes da G Suite já têm acesso ao Meet desde março do ano passado, quando começou a circular a informação sobre a descontinuação do Hangouts. O antigo serviço já vem sendo chamado de “clássico” por seus desenvolvedores e executivos há algum tempo, com os trabalhos de transição para um novo conjunto de aplicações sendo preparado há meses, mas somente divulgado oficialmente em dezembro.

Uma das ideias da Google seria posicionar suas plataformas de comunicação como concorrentes ao Slack, investindo nas vantagens da integração entre elas e o restante das ferramentas do G Suite. Como a transição deve acontecer desta maneira, em forma de substituição, a expectativa é que ela seja transparente e sem perda de usuários, ao contrário da morosidade das atualizações recentes da plataforma, que vinham causando uma fuga de utilizadores para outros serviços mais versáteis, disponíveis em diferentes plataformas e, principalmente, com suporte mais constante.

Há, por outro lado, certa confusão entre nomenclaturas e opções vindas da própria Google. Para conversas de texto, por exemplo, ela também possui o Duo, enquanto uma repaginação do Meet deu origem ao Google Voice que, entretanto, também possui sistemas de troca de mensagens e arquivos, estando disponível para PC e mobile.

Mesmo com um calendário mais estabelecido, o fim do Hangouts, originalmente chamado de Gtalk e ainda lembrado dessa forma por muita gente, soa confuso e esquisito. A Google, entretanto afirma que a ideia é dar um upgrade nas soluções atuais, não deixando órfãos nenhum dos usuários ao mesmo tempo em que entrega a eles novas opções e recursos mais contemporâneos.

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste