Ciência & Tecnologia Tecnologia

Mal-estar de Dilma foi recorde de tweets sobre debate no SBT

Diferente dos outros debates, que o pico dos tweets por minuto (TPM) foi alguma fala de candidato durante o debate, o momento em que Dilma passou mal, logo após o Debate do SBT, foi o recorde de audiência no Twitter.

O mal súbito da presidente e candidata a reeleição foi às 19h36 da última quinta-feira e teve 9.535 TPMs.

O segundo debate entre os candidatos à presidência da República, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), teve 550 mil tweets entre 17h50 e 19h45 da última quinta-feira, informa o Twitter.

Na análise do microblog foram levadas em conta as mensagens sobre com e sem hashtag.

Realizado pela emissora de televisão, SBT, o debate do 2° turno das eleições superou o evento do primeiro turno no canal, que teve 450 mil postagens entre 14h45 e 19h50 no dia 1° de setembro.

Outros momentos de destaque são: a presidente pergunta ao senador mineiro sobre Lei Seca (8.871 TPM); a discussão sobre o aeroporto de Cláudio, em Minas Gerais (8.548 TPMs); e a conversa sobre os escândalos da Petrobras (6.342 TPMs).

Dados semanais
A rede social americana ainda divulgou outras informações sobre os crescimentos dos dois candidatos, semana a semana. No estudo, o desempenho de crescimento de seguidores e menções aos candidatos foram analisados pelo microblog nas semanas dos dias 22 de setembro, 29 de setembro e 6 de outubro.

Na análise, o tucano teve um crescimento em número de seguidores (22%), enquanto a petista teve um acréscimo no número de menções (35%).

Aécio Neves ainda teve um pico de menções e seguidores na última semana de setembro, mas entrou em declínio em seguida. Na primeira semana de outubro, o candidato mineiro perdeu para Dilma em menções, mas ainda ganha da candidata em número de novos seguidores.

Vale ressaltar que a base de seguidores da presidente continua estática com 2,86 milhões de usuários. Enquanto o senador e candidato pelo PSDB possui 154 mil internautas seguindo seu perfil.

Por legenda
Quando a comparação é feita por partido, o PT aparece na frente com 12% das menções ante -21% do PSDB. Entre seguidores, o PT possui 2% e o PSDB 6%. O pico de crescimento do PSDB em seguidores foi no dia 29 de setembro e foi mantido no dia 6 de outubro.

Já entre as menções os tucanos ficaram à frente também no dia 29 de setembro, mas perderam a liderança na semana seguinte.

A legenda dos trabalhadores possui atualmente 103 mil seguidores e os sociais-democratas possuem 70 mil cadastrados em seu perfil.


Talvez você também goste