Ciência & Tecnologia Tecnologia

McAfee lança novas soluções com foco em tablets e celulares

A McAffe apresentou nesta quarta-feira sua nova linha de produtos para proteção do usuário comum. São quatro novas soluções, mas as grandes novidades estão nas aplicações para dispositivos móveis e na mudança do nome dos programas, que agora recebem o selo “Intel Security” ao lado do nome.

“A McAffe ainda existe, mas recebe junto o nome “Intel Security” a partir de 2015 em sua linha”, afirma Thyago Hyppolito, engenheiro de produtos da McAffe do Brasil. “Os produtos de segurança da McAffe existem há mais de 20 anos. O consumidor conhece a McAffe como plataforma de segurança, e a Intel como plataforma de produtos com qualidade”.

A nova linha tem como foco principal as soluções não apenas para PC, mas para tablets e celulares por meio do McAffe Live Safe, que integra os três equipamentos. Este programa funciona para Windows, Mac OS X, Android e iOS.

Ele tem como principais funcionalidades o personal locker, para guardar documentos nas nuvens, além de travar e destravar os arquivos por reconhecimento de face ou voz.

Já o Safekey, pode gerenciar senhas na nuvem, além de guarda-las caso o usuário esqueça. A ferramenta CaptureCam, tira uma foto da pessoa que está tentando acessar o dispositivo após a terceira tentativa de destravar o aparelho.

Por fim, com foco na proteção de aplicativos o App Profile, que permite definir até 4 perfis para diferentes usuários no aparelho, e o App Blocker, senhas para acesso de e-mails e pastas nos devices móveis. Além do Wi-Fi Security, que verifica a segurança de uma rede sem fio pública.


Para PC e preços
As outras novas soluções são: McAffe AntiVirus Plus, McAffe Internet Security e McAffe Total Protection, para computadores com o Windows. Nelas se destacam o gerenciamento e proteção de rede doméstica, proteção de navegação na Web, controle dos pais e antispam para webmail.

Os programas estarão disponíveis no mercado a partir do dia 1° de dezembro, mas já podem ser comprados em sua versão online no site da McAffe – exceto o Total Protection que será vendido apenas no website.

No plano anual, o AntiVirus Plus sai por R$ 29 na versão para um computador, e R$ 59 para três máquina. O Internet Security sai por R$ 59 para três computadores, o Live Safe custa R$ 169 (para todos os aparelhos de uma casa) e o Total Protection (para três PCs) custa R$ 119.

A McAffe ainda afirma que tem opções para contrato de três anos também

O gerente de consumo da McAffe brasileira, Fabiano Tricarico confirma que os produtos devem aparecer em “parcerias com empresas” de PCs (como CCE e Positivo) e de tablets e celulares.

Tricarico ainda afirma que as operadoras de telefonia e provedores de internet também devem apresentar o antivírus em rol de produtos, mas com o nome alterado para seu revendedor.


Proteção móvel
A companhia americana aposta no formato de proteção móvel para os próximos anos, inclusive em aparelhos vestíveis (wearables), embora não tenha ainda uma previsão para solução do gênero.

Uma pesquisa recente da McAffe mostra que 60% dos consumidores em todo o mundo possuem três ou mais dispositivos habilitados na rede; e que existem 1,4 bilhões de smartphones com o sistema Android dominando este mercado.

“Hoje, não importa mais a gente (McAffe) proteger o dispositivo. Tem que proteger a identidade do usuário, seja no tablet, PC ou celular”, explica Hyppolito.

Para ele, o advento da Internet das Coisas – com vários acessórios conectados à rede mundial de computadores e conversando entre si – permite a criação de dispositivos não apenas para computador, mas para outros aparelhos, tanto que a Intel investe neste setor para o futuro, não revelado pela empresa.

“A Intel com certeza pensa neste mercado (móvel)”, afirma o especialista em segurança digital da companhia. “A ideia desse investimento é a longo prazo. Mas ainda vai demorar. A ideia hoje é que a proteção seja de hardware e software. E não apenas software e sistema operacional”.


Talvez você também goste