Ciência & Tecnologia

Meu carregador de notebook é bivolt?

O Brasil é um dos poucos países se não for o único a trabalhar oficialmente com mais de uma tensão de rede doméstica: 110~127 e 220 volts a 60 Hz. Logo, espera-se que a maioria dos equipamentos eletrônicos do mercado estejam preparados para trabalhar numa ou outra voltagem, mas como ter certeza disso?

No passado essa dúvida era fácil de resolver já que os blocos adaptadores nacionais costumavam vir com uma chavinha seletora de voltagem de entrada muitas vezes acompanhada de um aviso (imagem acima).

Só que com a evolução da tecnologia, esses adaptadores (em especial aqueles usados em notebooks) começaram a ficar mais espertos e capazes de ajustar sua voltagem de entrada automaticamente ou nãodependendo do caso. E ai como ficamos?

A maneira mais simples e prática é dar uma olhada naquela etiqueta normalmente colada embaixo do carregador e procurar pela palavra Input: e/ou Entrada Note que ao lado (ou embaixo da mesma) será informado a tensão de entrada em volts e a ciclagem da rede em Hertz (Hz).

No exemplo abaixo (um carregador de um netbook da Positivo) podemos ver que a tensão de entrada vai de 100 até 240 volts e ciclagem de 50~60 Hz. Como essa faixa de tensão engloba aquela usasa no Brasil (127~220 volts a 60 Hz) podemos afirmar com certeza que esse carregador é bivolt com seleção automática e que pode ser usada sem medo em qualquer lugar do Brasil ou mesmo do mundo de você tiver o adaptador de tomada compatível.

Carregador Positivo


Talvez você também goste