Ciência & Tecnologia Tecnologia

Microsoft reduz preço do Xbox; libera Netflix e outros aplicativos

A Microsoft vai reduzir em 100 dólares o preço do Xbox One e permitir que usuários visualizem populares aplicativos de entretenimento como Netflix e ESPN sem taxa de assinatura de 60 dólares, na expectativa de ganhar força contra rivais como o Playstation 4, da Sony e a Fire TV da Amazon. A iniciativa marca outra reversão para a gigante do software no Xbox One, que está atrás em vendas na comparação com o PS4 da Sony e enfrenta competição de consoles existentes, caixas de streaming como Apple TV e o novo aparelho de jogos e entretenimento da Amazon, que custa 99 dólares. A Microsoft mudou várias vezes o marketing de seus consoles de videogame. A empresa retirou uma exigência de que os usuários do Xbox One mantivessem uma conexão permanente de Internet antes do console ir à venda. E decidiu permitir auxílio a usuários de games depois de críticas de usuários no ano passado. Nesta terça-feira, a empresa disse que passará a vender o Xbox One por 399 dólares, ou 499 dólares com um sensor de movimento “Kinect”, a partir de 9 de junho. (Por Malathi Nayak)


Talvez você também goste