Ciência & Tecnologia

Mulher põe foto no Facebook e é demitida por falso atestado

Uma enfermeira dispensada por justa causa pelo Prontobaby Hospital da Criança Ltda, no Rio de Janeiro, entrou com ação na Justiça para tentar receber as verbas rescisórias. Contudo, a 9ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) confirmou a justa causa, alegando que a mulher teria apresentado atestado médico falso para justificar sua ausência ao serviço entre os dias 15 e 21 de agosto de 2012.

De acordo com a Justiça, a empresa apresentou na audiência fotos e comentários postados no Facebook que comprovam que, no mesmo período do afastamento, a funcionária estava participando da 16ª Maratona do Rio de Janeiro.

“Uma coisa é certa: a autora se encontrava em evento esportivo, conforme fotos apresentadas, certamente postadas pela própria na internet. Tais imagens convencem que ela estava bem disposta, e não doente com necessidade de 15 dias de afastamento”, afirmou, em nota o relator do acórdão, desembargador Ivan da Costa Alemão Ferreira.

A Justiça considera que, em razão dos atestados médicos, houve quebra de confiança, o que justificaria a dispensa por justa causa. A mulher havia entrado com ação pleiteando, além da exclusão da justa causa, o pagamento de horas extras, manutenção do plano de saúde e indenização por danos morais.

De acordo com a Justiça, e enfermeira pode recorrer da decisão.


Talvez você também goste