Mundo Tech

Cliente da Claro que teve WhatsApp clonado deve receber indenização de R$ 20 mil

Cliente da Claro que teve WhatsApp clonado deve receber indenização de R$ 20 mil - 1

Uma cliente da Claro foi à justiça por ter o seu aplicativo do WhatsApp clonado, em setembro do ano passado, e agora deve ser indenizada pela operadora em R$ 20 mil. Segundo decisão da 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, houve falha na prestação de serviços.

Com a clonagem, o criminoso conseguiu invadir o histórico de conversas, chegando a pedir dinheiro emprestado se passando pela vítima. Ao procurar a operadora, foi aconselhada a adquirir uma nova linha telefônica e outro dispositivo para evitar uma nova clonagem. No entanto, a nova linha também teve o WhatsApp clonado.

Cliente da Claro que teve WhatsApp clonado deve receber indenização de R$ 20 mil - 2
Imagem: Reprodução

A situação se complicou ainda mais quando a linha antiga não foi desativada, fazendo com que os contatos da cliente continuassem recebendo as mensagens, inclusive pedindo dinheiro.


CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

A autora da ação alega que, além de demorar para ter o problema solucionado e para as linhas serem canceladas, não havia sido bem atendida pela Claro. A ação foi julgada em primeira instância com indenização fixada de R$ 5 mil, mas a cliente recorreu pedindo R$ 30 mil.

Então, o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu aumentar o valor da indenização considerando falha na prestação de serviço e danos morais.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste