Mundo Tech

Como a geolocalização pode te ajudar no Black Friday

Como a geolocalização pode te ajudar no Black Friday - 1

*por Lara Krumholz

O mês de novembro chegou e também a época do ano em que todos esperam para comprar. Dados do Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, estimam que a Black Friday de 2019 vai movimentar 3,5 bilhões de reais em compras no comércio eletrônico, e para os setores do e-commerce e varejo, é o momento de ser mais criativo e atrair a fatia do orçamento que o consumidor já destinou especialmente para o Black Friday. Devem ser realizados 5,8 milhões de pedidos, representando aumento de 24% em relação à Black Friday do ano passado.

Para conquistar uma fatia desses montantes, a estratégia de comunicação é a melhor aliada da sua equipe de marketing. Além do storytelling, da criação, é fundamental buscar o contexto do consumidor e estar em todos os ambientes por onde ele navega, seja no mundo on ou offline.


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

E como fazer isso e chegar às melhores definições de investimentos? Com o constante crescimento e consolidação do mobile como a maior mídia disponível, a geolocalização é um dos mecanismos que possibilita impactar ao público com grande precisão e encontrá-lo nas proximidades onde se quer atuar, levando em conta a estratégia estabelecida pela equipe de Marketing.

A diferença entre um anúncio ser recebido pelo consumidor como interrupção ou com boas vindas pode ser muitas vezes apenas o “timing”. A utilização da publicidade conectada com geolocalização é de grande valia na busca por impactar aos clientes na hora e no momento exatos.

É necessário ter acesso a uma inteligência de geolocalização por meio de ferramentas que possibilitem ao anunciante acessar dados detalhados sobre o interesse do público. E construir, dessa forma, uma visão mais profunda sobre o público,  melhorando o alcance e a relevância para as campanhas.

Diante desse contexto, ter uma estratégia de geolocalização é decisivo para obter melhores resultados em um mercado onde a atenção do consumidor é cada vez mais disputada.

Essas soluções de geolocalização devem ser vistas como parte essencial da estratégia de uma campanha publicitária, utilizada de diversas maneiras como, por exemplo, segmentação, com identificação de um determinado grupo de indivíduos, e targeting, público-alvo.

Em um momento em que boa parte das pessoas espera por promoções para realizar as planejadas compras, combinar ofertas exclusivas com o local e o momento adequados se faz fundamental. Isso significa aumento no volume de negócios em uma das datas mais relevantes do varejo atualmente, além de ser uma excelente oportunidade para construção de marca e também para o estabelecimento de conexões genuínas com os consumidores.

Em um país que se prepara para a LGPD, poder trabalhar estratégias de geolocalização em um período como a Black Friday, pode representar uma grande vantagem competitiva.

*Lara Krumholz é Vice Presidente da Dynadmic para a América Latina

 

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech