Mundo Tech Tecnologia

Relembrando todos os mortos de Game of Thrones

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 1

O inverno chegou, e a Longa Noite está acabando: no próximo domingo (18) a HBO irá transmitir o último episódio de Game of Thrones, colocando um ponto final na série que foi um dos grandes fenômenos culturais dos últimos anos e muito provavelmente a última série de TV em que nos reunimos em volta do aparelho e sentimos a necessidade de assistir ao episódio no momento em que ele é transmitido.

O fim de Game of Thrones é um marco não apenas para a TV — pois é o fim da produção mais cara e expansiva já produzida para a mídia —, como também o possível fim de um modo de assistir TV, em que nos sentíamos compelidos a, em determinado dia e hora, parar tudo que estivéssemos fazendo em nossas vidas e dedicar os proximos minutos olhando atentamente para aquela tela. Por isso, durante as próximas duas semanas, faremos uma série de matérias especiais aqui no Canaltech sobre Game of Thrones como forma de nos prepararmos para o fim e entendermos as implicações que as escolhas tomadas pela série terão para os potenciais livros que George R.R. Martin ainda irá lançar.

AVISO DE SPOILER: Esta matéria pode conter spoilers das sete primeiras temporadas de Game of Thrones. Então, se você não está em dia com a série, proceda com cautela.


CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

Mais até do que por suas intrigas políticas, Game of Thrones é uma série conhecida por suas mortes. Dezenas de personagens foram mortos ao longo das oito temporadas e em diversos momentos a série nos fez acreditar que havia um protagonista claro da história apenas para matá-lo logo na sequência de forma violenta e cruel, fazendo-nos ficar sempre apreensivos na hora de escolher um favorito. Assim, vamos lembrar aqui os principais personagens que perderam suas vidas ao longo dos oito anos da série.

Viserys Targaryen

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 2

Momento da morte: episódio 6 da primeira temporada

Viserys foi um dos primeiros personagens insuportáveis de Game of Thrones e, também, a primeira morte de alguém importante para a narrativa. Irmão mais velho de Daenerys, Viserys cresceu asilado em segredo no continente de Essos e criado para, um dia, retornar a Westeros e tomar o Trono de Ferro de volta para os Targaryen, mas já agia como se fosse o próprio rei. Ele vendeu a irmã para os Dothraki na tentativa de ganhar um exército, mas dava chiliques toda vez que alguém questionava sua palavra ou não o colocava como o centro do mundo e única pessoa que deveria ser ouvida e seguida por todos. E teve uma morte digna de alguém com tanta ânsia por uma coroa, como Khal Drogo despejando na cabeça dele um balde de ouro derretido, fazendo com que Daenerys se tornasse a última Targaryen viva (pelo menos até o momento).

Robert Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 3

Momento da morte: episódio 7 da primeira temporada

Desde que foi coroado ao fim da rebelião que tirou Aegon Targaryen do trono e se casou com Cersei Lannister, Robert viveu uma vida miserável. O guerreiro Baratheon encontrava a verdadeira felicidade no campo de batalha e não tinha sido criado para governar – principalmente em tempos de relativa paz. Assim, Robert passava a maior parte dos seus dias caçando javalis e curtindo com prostitutas, e foi em uma dessas caças que ele morreu, perfurado pelas presas de um porco selvagem. Mais à frente da história, descobrimos que na verdade ele havia sido envenenado a mando de Cersei, o que o fez ficar grogue durante a caçada e se tornar uma vítima fácil para o feroz animal.

Syrio Forel

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 4

Momento da morte: episódio 8 da primeira temporada

Primeiro instrutor de Arya na arte da espada, Syrio era mestre de um estilo conhecido como “Dança da Água” e, durante anos, assumiu o cargo de Primeira Espada (posição equivalente à líder da Guarda do Rei em Porto Real) em Braavos. Foi com Syrio que Arya aprendeu o básico de como manusear uma espada, e o último ato do instrutor foi salvar a menina: quando Ned Stark foi preso por traição, a Guarda do Rei veio atrás de Arya para prendê-la também, mas Syrio segurou-os por tempo suficiente para que ela pudesse fugir. Apesar disso, essa é uma morte disputada pelos fãs da série: como o espadachim nunca morreu em frente às câmeras, muitos acreditam que ele ainda está vivo e que era habilidoso o suficiente para ter derrotado uma tropa inteira da Guarda, todos com espadas de aço e armaduras de batalha, usando apenas uma espada de madeira de treinamento.

Ned Stark

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 5

Momento da morte: episódio 9 da primeira temporada

Depois de ser nomeado como Mão do Rei por Robert Baratheon em seu leito de morte, Ned não ficou muito tempo na posição de Regente da cidade: suas investigações sobre a verdadeira linhagem do príncipe Joffrey colocavam em risco a posição de Cersei Lannister na corte e a Rainha então mandou prendê-lo por traição. A morte de Ned foi o primeiro ato de crueldade mesquinha do Rei Joffrey: quando todos já haviam concordado em enviar o líder dos Stark para a Patrulha da Noite, fazendo-o perder todos os seus títulos e influência, Joffrey ignorou a decisão de seus conselheiros e o pedido de asilo do prisioneiro e o executou por traição, cortando-lhe a cabeça, deixando-a exposta em uma estaca no portão da cidade e obrigando a filha de Ned, Sansa, a visitar a cabeça degolada de seu pai.

Khal Drogo

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 6

Momento da morte: episódio 10 da primeira temporada

A morte de Khal Drogo é um símbolo de como a piedade de Daenerys pode se voltar contra ela. Depois de salvar a curandeira Mirri Maz Duur de ser estuprada pelos Dothraki durante a tomada da vila de Lhazareen, ela pede para que a especialista em remédios cuide de um arranhão leve feito pela lâmina de um arakh no peito do guerreiro. Duur aplica um remédio que, ao invés de curar, faz com que o ferimento infeccione, fazendo com que Drogo tenha febres altíssimas que o impedem de sair da cama. No desespero, Daenerys aceita quando a curandeira fala que tem um jeito de evitar que o Khal morra e, sem saber no que estava se metendo, Danny aceita, e no ritual Duur acaba sacrificando o filho da Targaryen para salvar o guerreiro. O ritual recupera Drogo da doença, mas o deixa em um estado vegetativo – e, com pena de seu amado, Daenerys o mata durante o sono, sufocando-o com um travesseiro.

Mirri Maz Duur

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 7

Momento da morte: episódio 10 da primeira temporada

Depois de causar a morte de Khal Drogo, Duur é condenada a ser amarrada na pira funeral do guerreiro, onde ela será consumida pelas chamas junto com o corpo do antigo Khal – e é a mesma pira em que Daenerys entrará junto com seus três ovos de dragão e sairá como a Mãe dos Dragões.

Renly Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 8

Momento da morte: episódio 5 da segunda temporada

Irmão mais novo do falecido Rei Robert, Renly lidera os cavaleiros de Jardim do Alto, que se opõem ao reinado de Joffrey, acusando-o de não ser um filho legítimo de Robert, e acham que é Renly que deveria ser coroado como o verdadeiro rei. Amado por praticamente todos de Westeros por sua beleza e carisma, Renly acaba morto dentro de sua própria tenda por uma sombra mágica criada por Melisandre a pedido do próprio irmão mais velho dele, Stannis Baratheon, quem tem inveja de como a reivindicação do trono por Renly tinha muito mais apoio dos nobres de Westeros, mesmo que ele fosse o mais jovem dos irmãos e, por isso, apenas o segundo na suposta linha de sucessão.

Rodrik Cassel

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 9

Momento da morte: episódio 6 da segunda temporada

Rodrik era o Mestre de Armas de Winterfell e, ainda que já em uma idade avançada, era um guerreiro com habilidade e experiência suficientes para ser o responsável por treinar os exércitos da Casa Stark. Cassel foi executado por Theon Greyjoy após cuspir no rosto deste durante a tomada de Winterfell.

Maester Luwin

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 10

Momento da morte: episódio 10 da segunda temporada

Luwin serviu durante décadas como o Maester de Winterfell e foi mantido na posição por Theon mesmo depois da tomada do castelo pelos Greyjoys. Apesar de seus esforços para garantir que Bran e Rickon consigam fugir com segurança, Luwin é morto por Dagmer, braço direito de Theon, durante a retomada de Winterfell pelo exército dos Bolton.

Qhorin Meia-Mão

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 11

Momento da morte: episódio 10 da segunda temporada

Qhorin é um experiente guerreiro da Patrulha da Noite que é enviado como comandante de uma expedição para além da muralha com o intuito de descobrir o que os “selvagens” de lá estão tramando. Ao ser capturado, ele pede para Jon que finja ser um desertor da patrulha e o mate para convencer seus captores de que ele está falando sério. Jon não aceita de imediato, mas Qhorin ataca e obriga Jon a matá-lo em combate, o que faz com que os selvagens acreditem que ele está mesmo deserdando de seu cargo na Patrulha.

Xaro Xhoan Daxos

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 12

Momento da morte: episódio 10 da segunda temporada

Daxos é um poderoso mercador da cidade de Qarth e promete que conseguirá para navios e um exército para invadir Westeros em troca de um dos dragões da Targaryen. Após sobreviver às maquinações do mercador, Daenerys invade a casa dele e descobre que a “grande fortuna” que ele dizia ter guardada em um cofre era tudo uma mentira usada para fazer com que os cidadãos de Qarth o respeitassem, e então ela pede para que Daxos entre no cofre, tranca-o lá dentro e joga a chave fora.

Jeor Mormont

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 13

Momento da morte: episódio 4 da terceira temporada

Comandante da Patrulha da Noite e pai de Jorah Mormont, Jeor é morto por seus próprios homens em um motim na casa de Craster, pois eles querem roubar os mantimentos e estuprar as filhas do homem, mas Jeor tenta impedi-los.

Talisa Stark

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 14

Momento da morte: episódio 9 da terceira temporada

Inicialmente uma curandeira das tropas dos Stark, Talisa acaba se apaixonando por Robb Stark e os dois se casam em uma cerimônia secreta — o que quebra a promessa que Robb havia feito de se casar com um das filhas da Casa Frey. Essa pequena traição de Robb acaba sendo o motivo para uma das maiores traições da história de Westeros, e Talisa é uma das milhares de vítimas do Casamento Vermelho.

Robb Stark

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 15

Momento da morte: episódio 9 da terceira temporada

Depois que Ned é executado como traidor pelo Rei Joffrey, Robb deixa de reconhecer o Lannister como seu soberano, tomando o título de Rei do Norte e prometendo levar suas tropas a Porto Real para vingar a morte de seu pai. No caminho, Robb acumula importantes vitórias contra o exército Lannister, mas o romance com Talisa acaba sendo sua ruína, e ele também é morto no evento que ficou conhecido como Casamento Vermelho.

Catelyn Stark

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 16

Momento da morte: episódio 9 da terceira temporada

Catelyn teve uma vida de servitude: se casou com Ned Stark por obrigação familiar, foi obrigada a passar a vida toda se achando corna e ajudando a criar um suposto filho bastardo de Ned gerado durante a rebelião contra os Targaryen e ver seu marido ser morto por uma traição que ele não cometeu. Catelyn tentava colocar juízo na cabeça de Robb e aconselhá-lo que não era uma boa ideia quebrar o acordo com os Frey, mas seus apelos não foram ouvidos e ela também foi uma das muitas vítimas do Casamento Vermelho.

Joffrey Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 17

Momento da morte: episódio 2 da quarta temporada

Joffrey estava aproveitando muito o seu momento como Rei de Westeros e fazendo tudo aquilo que sua personalidade mesquinha e cruel lhe dava vontade. E estava dando certo: depois de seu noivado com Sansa Stark ser anulado após a execução do pai da menina por traição, Joffrey ia se casar com Margaery Tyrell, viúva de seu tio Renly e herdeira de Jardim do Alto – união que tornaria o exército dos Lannister o mais forte do continente. Mas nem todos concordavam com essa união e, sem a menor intenção de casar sua neta com alguém que iria torturá-la por esporte, Olenna envenena a bebida de Joffrey durante a festa de celebração do casamento, matando-o na frente de todos os presentes.

Lysa Arryn

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 18

Momento da morte: episódio 7 da quarta temporada

Desde a morte de Jon Arryn (evento que antecedeu o primeiro episódio da série, e que foi o motivo do Rei Robert ir para Winterfell pedir a ajuda de seu velho amigo Ned Stark), Lysa tem atuado como a protetora do Vale e nutre um imenso amor nada secreto por Petyr Baelish, o Mindinho. Quando ela tem um ataque de ciúme contra Sansa e revela que foi ela que envenenou o próprio marido a pedido do Mindinho, Baelish a empurra pela “porta do céu”, derrubando-a em um penhasco de centenas de metros de altura.

Oberyn Martell

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 19

Momento da morte: episódio 8 da quarta temporada

O príncipe herdeiro de Dorne, Oberyn nutre um ódio profundo pelo guerreiro conhecido como Montanha por ele ter matado e estuprado sua irmã e os filhos durante a rebelião contra os Targaryen. Quando Montanha é escolhido como o representante da Coroa no julgamento por combate a Tyrion, Oberyn aproveita a oportunidade de se vingar e se voluntaria para lutar em nome do anão. As habilidades com a lança e a velocidade de Oberyn são demais para o cavaleiro da Rainha, mas o príncipe de Dorne se descuida, cego por seu próprio ódio e arrogância, e Montanha, usando sua força e resistência sobrehumanas, consegue se recuperar e esmagar o crânio de Oberyn usando as próprias mãos.

Ygritte

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 20

Momento da morte: episódio 9 da quarta temporada

Depois de nos proporcionar um dos melhores memes de Game of Thrones e tirar a virgindade de Jon Snow, Ygritte é morta com uma flecha no peito durante o ataque do exército de Mance Rayder à base da Patrulha da Noite, e dá seu último suspiro nos braços de Jon.

Jojen Reed

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 21

Momento da morte: episódio 10 da quarta temporada

Junto com sua irmão Meera, Jojen é uma parte importante da missão de levar Bran para além da Muralha no intuito de fazê-lo se encontrar com o Corvo de Três Olhos, pois acreditava que o jovem Stark teria um papel fundamental na batalha contra o Rei da Noite. Quando estão quase chegando ao local para onde deveriam levar Bran, Jojen é morto por um zumbi e seu corpo fica perdido para sempre em meio à neve do Norte.

Shae

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 22

Momento da morte: episódio 10 da quarta temporada

Uma prostituta de Porto Real, Shae acaba caindo nas graças de Tyrion Lannister, que se apaixona por ela, mas se recusa a escapar de suas obrigações e fugir com ela pra um local onde ninguém os reconheceria. Sentindo-se traída, Shae acaba traindo Tyrion e se aliando ao pai dele, Tywin, na tentativa de condenar o anão a passar o resto de seus dias exilado como um membro da Patrulha da Noite. O plano não dá certo porque Tyrion se nega a servir no Norte e, quando ele é solto por seu irmão Jaime e vai até o quarto de seu pai confrontá-lo, acaba encontrando Shae na cama de Tywin – e usando a corrente de ouro que o anão havia presenteado a ela. Os dois lutam e Shae é morta, enforcada com a corrente que foi um presente de Tyrion.

Tywin Lannister

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 23

Momento da morte: episódio 10 da quarta temporada

Patriarca da Casa Lannister, Tywin é um exímio político e comandante de exércitos. Foram suas maquinações que transformaram os Lannisters na família mais rica e poderosa de Westeros. O sucesso mais recente de Tywin nesse sentido foi, sem dúvidas, o Casamento Vermelho, onde ele conseguiu derrotar todo o poderoso exército Stark que ameaçva Porto Real apenas enviando meia dúzia de cartas. Mas, para alguém que sempre se gabou da esperteza e de viver em glória, Tywin teve um fim irônico, levando uma flechada de seu odiado filho Tyrion enquanto estava sentado na privada, defecando.

Mance Rayder

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 24

Momento da morte: episódio 1 da quinta temporada

Depois de ser coroado como “Rei Além da Muralha” e liderar um exército para invadir o Norte, a intenção de Mance se tornou mais clara: levar seu povo para a proteção fornecida pela Muralha. Só que os Caminhantes Brancos e seu exército de mortos-vivos se tornavam cada vez mais presentes e matavam todos os “selvagens” além da muralha para aumentar cada vez mais seus números. Após a derrota na Batalha de Castelo Negro, Mance se recusa a jurar lealdade para Stannis e é condenado a morrer em uma pira – mas, antes que isso aconteça, Jon Snow o mata com uma flecha certeira no coração, evitando que ele passe pelo sofrimento de queimar vivo.

Ser Barristan Selmy

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 25

Momento da morte: episódio 4 da quinta temporada

Antigo chefe da Guarda Real, Ser Barristan Selmy é um guerreiro honrado que serve lealmente a Coroa desde a época do Rei Aerys Targaryen II, quando era considerado o melhor espadachim dos Sete Reinos. Sendo forçado a se aposentar quando Joffrey assume o comando e nomeia Jaime Lannister — o cavaleiro traidor que matou o Rei Aerys — para a posição que há décadas foi dele, Ser Barristan abandona Westeros e segue para Essos, onde irá jurar lealdade e serviço para Daenerys. Ele é morto em Mereen durante uma cilada promovida pelos Filhos da Harpia, sacrificando-se para salvar Verme Cinzento (o comandante do exército de Daenerys) da morte certa.

Maester Aemon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 26

Momento da morte: episódio 7 da quinta temporada

Um dos últimos sobreviventes da linhagem dos Targaryen, Aemon servia há quase um século como Maester da Patrulha da Noite, aconselhando diversos Lorde-Comandantes e cuidando das feridas de milhares de patrulheiros durante esses anos. Sua última contribuição para a Patrulha foi o voto decisivo que tornou Jon Snow o novo Lorde Comandante. Aemon morreu na cama, de causas naturais, por complicações causadas pela idade, já que o velho Maester já tinha mais de um século de vida.

Shireen Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 27

Momento da morte: episódio 9 da quinta temporada

Filha de Stannis Baratheon e a única das quatro crianças tidas por ele que conseguiu sobreviver ao parto, com as outras três morrendo logo depois de terem nascido. Quando bem jovem, Shireen contraiu Escamagris, uma doença mortal que se espalha pelo corpo e vai matando toda a carne do corpo, tornando-a dura como pedra. Os esforços de Stannis, que contratou curandeiros do mundo todo para a menina, conseguiram impedir que a doença se espalhasse, mas nada conseguiu fazer para curar a parte esquerda do rosto da menina, que já havia sido consumido pela doença. A pedido de sua conselheiro Melisandre, Stannis sacrifica a própria filha para garantir a vitória em batalha, queimando-a viva em uma pira de chamas – e a morte da garota, tão querida por todos, foi o primeiro passo para o fim da marcha vitoriosa de Stannis.

Selyse Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 28

Momento da morte: episódio 10 da quinta temporada

Esposa de Stannis e mãe de Shireen, Selyse é uma pessoa traumatizada pela perda de três filhos no nascimento e mantém os bebês guardados em potes dentro de seu quarto. Esse trauma tornou Selyse uma devota fervorosa de R’hllor, e uma marionete nas mãos de Melisandre. Mas, quando a clériga do Deus da Luz exigiu que sua única filha fosse sacrificada em uma pira, Selyse não suportou a dor, abandonou a fé e se enforcou em uma árvore próxima do acampamento de Stannis.

Stannis Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 29

Momento da morte: episódio 10 da quinta temporada

Irmão mais velho de Robert Baratheon e, desde a morte do antigo Rei, alguém que acredita ser o verdadeiro herdeiro do trono, Stannis acusa o Rei Joffrey de ser fruto do amor incestuoso entre Cersei e seu irmão Jaime, preparando seu exército para invadir Porto Real. Manipulado pela sacerdotisa Melisandre, Stannis é convencido de que é o Herói Escolhido que irá salvar o mundo da Escuridão Eterna. Com a ajuda de Melisandre, ele acaba matando seu irmão mais novo, Renly, com uso de magia de sangue, e usa sua marinha para tentar invadir Porto Real – onde acaba derrotado pelas táticas de Tyrion. Stannis reúne o resto de seu exército e parte para o Norte, onde salva a Patrulha da Noite do ataque de Mance Rayder, ajuda a tornar Jon Snow líder da Patrulha e promete recuperar Winterfell para que o rapaz possa assumir o posto de Rei do Norte na esperança de, assim, se aliar a ele para a tomada de Porto Real. A tentativa de tomar Winterfell dos Bolton fracassa, e durante a batalha Stannis se perde nas floresta em torno da Fortaleza, onde encontra Brienne de Tarth – e é morto por ela ao confessar o assassinato de Renly.

Myrcella Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 30

Momento da morte: episódio 10 da quinta temporada

Filha de Cersei e Jaime, Myrcella é enviada para Dorne durante o período em que Tyrion atuou como a Mão do Rei para se casar com Trystane Martell, o príncipe herdeiro de Dorne, como parte de um acordo para garantir a lealdade do país à Coroa. O casamento só iria ocorrer quando Myrcella atingisse a maioridade, mas parte do acordo consistia em deixá-la vivendo em Dorne até o casamento ser consumado. Com a morte de Oberyn pelas mãos do Montanha, Cersei envia Jaime para Dorne para tentar resgatar a filha deles, mas o guerreiro não consegue chegar a tempo e Myrcella morre nos braços dele, envenenada por Ellaria Sand.

Doran Martell

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 31

Momento da morte: episódio 1 da sexta temporada

Patriarca da Casa Martell, Doran era o irmão mais velho de Ellia e Oberyn, ambos mortos pelo guerreiro conhecido como Montanha. O fato de ele não ter feito nada para vingar a morte de Oberyn criou um motim em Dorne, e ele foi assassinado por Ellaria Sand.

Trystane Martell

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 32

Momento da morte: episódio 1 da sexta temporada

Príncipe herdeiro de Dorne e noivo de Myrcella, Trystane foi assassinado por Obara Sand durante o motim criado em Dorne por conta da escolha de Doran de não fazer nada para vingar a morte de Oberyn.

Roose Bolton

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 33

Momento da morte: episódio 2 da sexta temporada

Patriarca da Casa Bolton, Roose foi um dos responsáveis por recuperar Winterfell do domínio dos Greyjoys e, por conta de seus esforços em batalha, legitimou seu filho bastardo Ramsay como um verdadeiro Bolton. Mas esse foi o pior erro que ele cometeu: ao nascer o primeiro filho legítimo de Roose, Ramsay não queria perder o poder que tinha conseguido com tanto esforço e matou o próprio pai – junto com a esposa dele e o filho recém-nascido – para se tornar o novo chefe da Casa Bolton.

Balon Greyjoy

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 34

Momento da morte: episódio 2 da sexta temporada

Patriarca da Casa Greyjoy e pai de Theon e Yara, Balon é o atual Rei das Ilhas de Ferro. Mas, com o retorno de seu irmão mais novo Euron, que quer assumir o trono e usar a Frota de Ferro para seus próprios interesses, Balon acaba sendo morto, empurrado de uma ponte pelo próprio irmão e caindo centenas de metros até se afogar nas agitadas águas do mar.

Osha

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 35

Momento da morte: episódio 4 da sexta temporada

Depois de ajudar Tommen e Bran a fugirem de Winterfell durante o ataque de Theon Greyjoy e ajudar Meera, Jojen e Hodor a atravessarem a muralha com o garoto Stark, Osha leva Tommen a buscar refúgio com os Umber, históricos aliados dos Stark. Mas ambos são traídos e entregues de bandeja para Ramsay Bolton, que mata Osha com uma facada no pescoço.

Hodor

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 36

Momento da morte: episódio 5 da sexta temporada

O gigante Hodor, que sempre foi leal aos Stark e durante muito tempo carregou Bran em sua jornada para se tornar o Corvo de Três Olhos, acaba tendo uma das mortes mais emocionais da série, se sacrificando para segurar uma porta e garantir que Bran tenha tempo para escapar dos mortos-vivos que o estão perseguindo – garantindo não apenas uma morte de herói, mas também nos mostrando um pouco da extensão dos poderes mágicos de Bran.

Criança abandonada

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 37

Momento da morte: episódio 8 da sexta temporada

A Criança é uma personagem que se portou como adversária de Arya desde o início do treinamento da jovem Stark para se tornar uma assassina dos Homens sem Rosto de Braavos. A Criança é enviada por Jaqen para matar Arya, mas não apenas falha na tentativa como ainda é assassinada, tendo seu rosto arrancado e adicionado ao Salão das Faces.

Rickon Stark

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 38

Momento da morte: episódio 9 da sexta temporada

O mais jovem dos Starks, Rickon consegue escapar do cerco de Winterfell feito por Theon Greyjoy, mas acaba capturado por Ramsay Bolton que, antes de enfrentar as tropas de Jon Snow na Batalha dos Bastardos, mata o jovem Stark com uma flecha quando ele está fugindo para se juntar a Jon.

Ramsay Bolton

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 39

Momento da morte: episódio 9 da sexta temporada

Depois de mostrar sua crueldade de maneiras indescritíveis ao torturar Theon, estuprar Sansa e matar o próprio pai, Theon tem um final digno de sua crueldade: após perder a Batalha dos Bastardos, Sansa o tranca no canil com os cães ferozes dos Bolton, que o comem vivo.

Grand Maester Pycelle

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 40

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

O personagem, que por décadas serviu como o Maester de Porto Real, era um dos maiores adversários dos Lannister na Coroa, tendo traído tanto o antigo regente Tyrion Lannister quanto a atual regente Cersei. Mas o Maester, que contava com uma certa imunidade por ser o único a poder exercer essa função, acabou perdendo a importância com a aproximação entre Cersei e Qyburn e foi morto numa emboscada feita pelo último, esfaqueado por dezenas de crianças.

Alto Pardal

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 41

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

O Alto Pardal é o líder religioso de um séquito mais fanático da Fé dos Sete, e usa sua influência para humilhar Cersei Lannister – fazendo-a caminhar nua pelas ruas de Porto Real para espiar seus pecados – e trazer o Rei Tommen para seu lado. Mas o líder religioso não contava com a crueldade da antiga rainha, e Cersei queima ele, junto com outra centena de pessoas, ao explodir o Grande Septo no momento em que todos se reuniam para o julgamento final de Cersei.

Lancel Lannister

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 42

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

Sobrinho de Tywin Lannister, Lancel acaba tendo um rápido caso amoroso com sua prima Cersei por conta de sua semelhança física com Jaime. Consumido pela culpa, Lancel acaba se juntando ao séquito do Alto Pardal, para quem confessa que todos os filhos de Cersei são, na verdade, frutos do amor incestuoso entre ela e seu irmão Jaime. Lancel é morto na explosão do Grande Septo junto com centenas de outras pessoas.

Kevan Lannister

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 43

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

Irmão mais novo de Tywin, Kevan chega à Porto Real após as mortes de seu irmão e de seu sobrinho-neto. Kevan se opõe aos desmandos de Cersei em nome do novo Rei Tommen e, quando ela recusa torná-lo o líder militar da cidade, ele pega seus exércitos e retorna para o Rochedo Casterly, a morada ancestral dos Lannister. Quando Cersei é presa pelo Alto Pardal pelo crime de incesto, Kevan retorno à cidade e é nomeado como Mão do Rei por Pycelle, mas seu período na função dura pouco tempo e ele é morto na explosão do Grande Septo.

Mace Tyrell

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 44

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

Patriarca da Casa Tyrell, Mace havia inicialmente se aliado à Renly, mas, após a morte do jovem Baratheon, conseguiu fechar uma aliança com os Lannister ao noivar sua filha Margaery ao então Rei Joffrey. Com a morte de Joffrey, o noivado passou a valer para o Rei Tommen, já que os Lannister ainda precisavam da força militar dos Tyrell para manter o controle da cidade, e foi apontado como líder da frota marinha e Mestre das Moedas (posição equivalente a um ministro da economia) do novo Rei. Mace foi mais um que morreu com a explosão do Grande Septo.

Loras Tyrell

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 45

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

Herdeiro de Jardim do Alto, Loras era um dos guerreiros mais belos e habilidosos de Westeros e tinha uma relação amorosa não muito secreta com Renly Baratheon. Com a ascensão de poder do Alto Pardal, Loras foi preso pelo crime de ter amado outro homem e foi obrigado a abdicar de todos os seus títulos e direitos de herança para ser perdoado. Mas, logo após fazer isso, foi morto na explosão do Grande Septo.

Margaery Tyrell

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 46

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

Única filha de Mace Tyrell, Margaery adquiriu de sua avó Olenna o gosto por política e se mostrou uma hábil jogadora, tendo se casado com dois Reis (Renly e Joffrey) e ficado noiva de um terceiro (Tommen). Ela e Cersei tinham uma relação ambígua, pois ao mesmo tempo que se admiravam mutuamente pela capacidade de se adaptarem e conseguirem o melhor para si independentemente da situação, elas também sabiam que nunca poderiam ser amigas porque a ascensão de uma delas ao poder significava o enfraquecimento da outra. E, nesse cabo-de-guerra, ela acabou perdendo, sendo presa pelo Alto Pardal sob a acusação de perjúrio e morrendo com a explosão do Grande Septo.

Tommen Baratheon

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 47

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

Filho mais jovem de Cersei, Tommen assume a posição de Rei após a morte de Joffrey. Jovem e inocente, eles se torna uma marionete nas mãos de sua mãe e, depois de se apaixonar por Margaery, uma marionete nas mãos dos Tyrell e do Alto Pardal. Quando Cersei explode o Grande Septo, matando sua amada e mais uma centena de pessoas, Tommen não suporta a pressão e se suicida, jogando-se da janela de seu quarto no alto da torre do castelo.

Walder Frey

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 48

Momento da morte: episódio 10 da sexta temporada

Depois de trair os Stark no evento que ficou conhecido como o Casamento Vermelho, Walder Frey se tornou uma das pessoas mais temidas de Westeros. Usando uma das máscaras que roubou do Salão das Faces, Arya faz com que Walder coma uma torta recheada com seus dois filhos favoritos e então corta a garganta dele de ponta a ponta.

Obara Sand

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 49

Momento da morte: episódio 2 da sétima temporada

Depois de participar do motim que matou toda a família real de Dorne, Obara é morta por Euron Greyjoy, que enfia uma lança em seu pescoço e depois usa o corpo da guerreira como adereço para enfeitar seu barco.

Nymeria Sand

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 50

Momento da morte: episódio 2 da sétima temporada

Assim como sua irmã Obara, Nymeria também participou do motim que matou toda a família real de Dorne e, depois, foi morta por Euron, que a estrangulou com o próprio chicote.

Tyene Sand

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 51

Momento da morte: episódio 3 da sétima temporada

A terceira das irmãs conhecidas como “Sand Snakes”, Tyene também participou do motim que matou a família real de Dorne. Capturada por Euron, Tyene é levada para Porto Real, onde Cersei Lannister a amarra em um calabouço, frente a frente com a mãe também presa por correntes, e lhe dá um veneno chamado “A Longa Despedida”, que fará com que Tyenne tenha uma morte incrivelmente demorada e dolorosa, enquanto a mãe da garota será obrigada a vê-la morrendo e definhando em frente a ela até o fim de sua vida.

Olenna Tyrell

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 52

Momento da morte: episódio 3 da sétima temporada

Após o exército Lannister invadir Jardim do Alto, Olenna – a última dos Tyrell – toma uma taça de veneno oferecida por Jaime, que não quer levá-la para Porto Real para ser torturada por sua irmã. Em seu último suspiro, Olenna revela que foi ela quem envenenou Joffrey – e pede para que Jaime conte isso a Cersei.

Randyll Tarly

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 53

Momento da morte: episódio 5 da sétima temporada

Patriarca da Casa Tarly e pai do melhor amigo de Jon Snow, Sam, Radyll foi morto após recusar se render e jurar lealdade para Daenerys Targaryen, quando então foi queimado vivo por Drogon.

Dickon Tarly

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 54

Momento da morte: episódio 5 da sétima temporada

Irmão mais novo de Sam, Dickon também se recusa a se render e jurar lealdade aos Targaryen, e também é queimado vivo por Drogon.

Thoros de Myr

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 55

Momento da morte: episódio 6 da sétima temporada

Assim como Melisandre, Thoros é um sacerdote de R’hllor e possui a habilidade de fazer com que Berric Dondarrion volte à vida cada vez que é morto. Thoros consegue sobreviver ao ataque de um urso morto-vivo, mas os ferimentos o deixam fraco e ele não consegue suportar o frio do Norte, morrendo congelado enquanto o grupo comandado por Jon Snow é cercado pelos Caminhantes Brancos.

Benjen Stark

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 56

Momento da morte: episódio 6 da sétima temporada

Irmão mais novo de Ned Stark, Benjen era um antigo Patrulheiro da Noite que há anos havia sumido durante uma incursão para além da muralha. Depois de ajudar Bran a se tornar o Corvo de Três Olhos, Benjen aparece para salvar Jon dos Caminhantes Brancos, se sacrificando para que o bastardo Stark consiga fugir.

Lorde Petyr Baelish/Mindinho

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 57

Momento da morte: episódio 7 da sétima temporada

Mindinho sempre foi uma das mentes mais brilhantes de Westeros e usou essa inteligência para manipular eventos a seu favor, algo que acabou ensinando a Sansa Stark. A garota agradeceu as aulas usando a inteligência para descobrir que foi Lorde Baelish que havia contratado o assassino para matar Bran e traído Ned Stark em Winterfell, e então ordenou a morte de Mindinho – que foi executado por Arya, que usou a mesma faca que ele havia dado ao assassino de Bran.

Eddison Tollet

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 58

Momento da morte: episódio 3 da oitava temporada

Conhecido popularmente como “Dolorous Edd”, o personagem foi um dos únicos amigos de Jon na Patrulha da Noite e morreu protegendo Winterfell do ataque do Rei da Noite.

Lyanna Mormont

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 59

Momento da morte: episódio 3 da oitava temporada

A jovem e corajosa herdeira da Casa Mormont foi uma das responsáveis pela coroação de Jon Snow como o Rei do Norte e morreu defendendo Winterfell do ataque do Rei da Noite – conseguindo matar um gigante no processo.

Beric Dondarrion

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 60

Momento da morte: episódio 3 da oitava temporada

Líder da Irmandade sem Bandeiras, Berric era conhecido por portar uma espada em chamas e por ser mais ou menos imortal, já que sempre que morria era ressuscitado por Thoros de Myr. Mas, com a morte do sacerdote, Berric gastou sua última vida protegendo Winterfell e se sacrificando para que Arya Stark não fosse pega pelos mortos-vivos, garantindo assim a vitória das forças do Norte.

Theon Greyjoy

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 61

Momento da morte: episódio 3 da oitava temporada

Criado como um filho pelos Stark, Theon traiu a Casa ao se aproveitar da ida de Robb para o sul e usar a frota Greyjoy para dominar Winterfell, mas se redimiu ao salvar Sansa de Ramsay Bolton e evitar que ela passasse pelas mesmas torturas que ele. No fim da vida, Theon se sacrificou em prol da causa Stark e morreu protegendo Winterfell das forças do Rei da Noite.

Jorah Mormont

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 62

Momento da morte: episódio 3 da oitava temporada

Com um passado de desonra, Jorah foi despido de seus títulos e da linha sucessória da Casa Mormont e exilado de Westeros após ter sido condenado por tráfico de escravos. Mas, desde que conheceu Daenerys, Jorah fez de tudo para recuperar sua honra, estando sempre ao lado dela e sendo leal à Khaleesi em todos os momentos. E, assim, teve o fim que provavelmente ele mesmo teria escolhido para si: lutando enquanto protegia a sua amada Rainha dos Dragões.

Rei da Noite

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 63

Momento da morte: episódio 3 da oitava temporada

O grande mal que iria dominar o mundo, aquele que comandou um dos maiores exércitos já vistos e que tinha o poder de ressuscitar qualquer guerreiro morto e torná-lo um soldado para sua legião de mortos-vivos, não foi páreo para uma assassina treinada com uma adaga de aço valiriano. Morreu levando junto de si todo o exército dos mortos.

Melisandre

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 64

Momento da morte: episódio 3 da oitava temporada

Melisandre sempre teve um único objetivo: garantir a vitória das forças da Luz na guerra contra as Trevas. Nesse meio tempo ela tomou algumas decisões questionáveis – como matar Renly Baratheon e sacrificar Shireen -, mas também teve um papel importante ao ressuscitar Jon Snow, criar o fogo mágico que iria ajudar as forças de Winterfell na batalha e dar a Arya o apoio moral que ela precisava para matar o Rei da Noite. Com a vitória das forças da Luz já não havia mais o que Melisandre fazer, e ela retira o colar mágico que a mantinha viva e se transforma em pó enquanto o sol começa a nascer em Winterfell.

Missandei

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 65

Momento da morte: episódio 4 da oitava temporada

Missandei foi uma das muitas escravas libertas por Daenerys no continente de Essos e desde então atuou como uma amiga leal e conselheira da Rainha dos Dragões. Mas, após as tropas de Daenerys serem atacadas na chegada à Porta Real, Missandei é capturada e executada por Cersei – uma mostra da crueldade da atual Rainha de Westeros.

Varys

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 66

Momento da morte: episódio 5 da oitava temporada

Um dos melhores espiões de Westeros, Varys sempre defendeu que sua lealdade não era a um sobrenome, mas ao reino como um todo, e que faria o que fosse necessário para que ele fosse governado de forma justa. Assim, Varys traiu os Lannister quando eles assumiram o trono com a crueldade característica da família, partindo para Essos e jurando lealdade para Daenerys. Mas, quando ele percebeu que a Rainha dos Dragões poderia ser tão ou mais cruel do que os Lannister e descobriu que Jon Snow também possuía sangue Targaryen, novamente traiu a rainha para quem tinha jurado lealdade e começou a bolar um plano para colocar o jovem Snow no trono. Mas Daenerys acabou descobrindo sobre a traição e Varys foi queimado vivo pela chama de Drogon.

Euron Greyjoy

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 67

Momento da morte: episódio 5 da oitava temporada

Depois de matar o próprio irmão e agir como um capanga de luxo de Cersei Lannister, Euron teve toda a sua frota de navios destruída pelo fogo de Drogon e, após fugir de seu navio, foi morto na praia em uma briga com Jaime Lannister.

Gregor Clegane, O Montanha

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 68

Momento da morte: episódio 5 da oitava temporada

Provavelmente o guerreiro de maior força física de toda Westeros, o Montanha era conhecido por sua crueldade e também por nunca ter sido derrotado em batalha. Ele finalmente encontra o fim ao lutar contra seu irmão, o Cão de Caça, quando ambos se enfrentam na Fortaleza Vermelha e caem nas chamas de Drogon.

Sandor Clegane, o Cão de Caça

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 69

Momento da morte: episódio 5 da oitava temporada

Durante toda a vida, Sandor foi definido por duas coisas: o ódio que tinha por seu irmão, que queimou metade de sua cara por pura crueldade, e o trauma com fogo que essa “brincadeira” o deixou. Como não podia ser diferente, Sandor encontrou o seu fim em uma briga com o irmão, jogando a ambos nas chamas da Fortaleza Vermelha, que queimava após o ataque de Drogon.

Qyburn

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 70

Momento da morte: episódio 5 da oitava temporada

Qyburn, o Maester de Cersei que nunca recebeu um diploma para exercer a função, fez bem pouco para alguém que se considera superinteligente: reviveu o Montanha (um feito digno de merecimento), matou o antigo Maester e passou seus dias em Porto Real parecendo um velho pedófilo. Assim como viveu, Qyburn teve uma morte sem pompas, sendo empurrado da escada pela sua própria criação, o Zumbi Montanha, e batendo a cabeça numa pedra, morrendo na hora.

Cersei Lannister

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 71

Momento da morte: episódio 5 da oitava temporada

Depois de, em sua busca insana por poder, Cersei ter perdido todos os filhos – as únicas pessoas do mundo que, além de Jaime, ela realmente amava – a Rainha de Westeros se vê presa no castelo que tanto quis ter para si e morre abraçada com Jaime enquanto o prédio desaba em cima de ambos.

Jaime Lannister

Epitáfio | Relembrando todos os mortos de Game of Thrones - 72

Momento da morte: episódio 5 da oitava temporada

Jaime é um dos personagens mais complexos de toda a história de Game of Thrones. Ao mesmo tempo em que é capaz de atos horríveis, como derrubar um garoto de dez anos de uma torre e deixá-lo paraplégico, ele também pode lutar contra guerreiros armados para tentar salvar uma moça inocente de ser estuprada. E, assim como viveu toda sua vida, Jaime também teve um fim controverso: abandonou Brienne – aquela que o fez se sentir uma pessoa boa – para morrer nos braços de Cersei, aquela a quem ele sabia que aflorava a pior versão de si mesmo. Ambos morrem abraçados, soterrados pelas pedras do castelo de Porto Real.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste