Mundo Tech Tecnologia

Google encerra coleta de dados de redes móveis nos celulares Android

Google encerra coleta de dados de redes móveis nos celulares Android - 1

Temendo novos problemas relacionados às normas europeias sobre privacidade, a Google fechou o Mobile Network Insights, sistema disponível no Android para coletar dados sobre a qualidade da rede móvel. A plataforma funcionava em parceria com as operadoras de telefonia, que recebiam informações sobre a força do sinal e a localização do usuário, mas de maneira anônima.

Na teoria, é uma funcionalidade útil, que serve para que as empresas do setor criem mapas de alcance e trabalhem de forma mais direcionada nos lugares em que a recepção ainda não é das melhores. Por outro lado, é também um sistema não muito claro para os usuários e muitos nem mesmo sabiam da existência dele, uma vez que não existiam aprovações explícitas sobre a coleta desse tipo de telemetria no sistema operacional.

Em vez disso, a obtenção das informações era feita por meio do Google Play Services, sistema que funciona em todo celular com Android e era acionada assim que o usuário tivesse concordado em compartilhar dados de diagnóstico e localização com a gigante. Esse aceite, como dito, era feito diretamente ao Google e não envolvia os nomes de empresas de Telecom, o que poderia acabar causando problemas indesejados quando o assunto é a privacidade.


Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/

De acordo com as informações sobre o assunto, que não foram confirmadas oficialmente, a Google também estaria insatisfeita com as telecoms. Mesmo com os dados sendo apresentados há anos e de forma consistente, a empresa afirma que as operadoras não apresentaram resultados significativos a partir deles, investindo pouco na melhora dos serviços ou demorando demais para tomar uma atitude.

A balança, no final das contas, acabou desequilibrada, e não valia mais a pena correr riscos de processos ou investigações governamentais em prol de um recurso que não vinha dando o resultado esperado. Em vez disso, a Google passará a trabalhar para que seus próprios serviços, sistemas e aplicativos tenham uma performance melhor mesmo em condições de conectividade ruim.

A decisão, por outro lado, teria incomodado às operadoras, principalmente pelo fato de os Mobile Network Insights terem sido interrompidos sem aviso prévio. O encerramento do serviço teria acontecido em abril e representantes do setor ouvidos pela Reuters afirmaram que, desde então, o trabalho envolvendo estratégias, manutenções e expansões se tornou um pouco mais complexo.

Oficialmente, a Google disse apenas que o fim do serviço tem a ver com uma mudança nas “prioridades de produto”. A empresa confirmou o encerramento e disse se manter comprometida com a qualidade da rede mobile global e também de seus próprios apps e serviços, mas não comentou as prováveis preocupações quanto à privacidade ou possíveis desencontros com players do setor.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste