Mundo Tech

Google Play: saiba tudo sobre a loja de apps

Google Play: saiba tudo sobre a loja de apps - 1

Você já ouviu falar do Android Market? Se você respondeu sim, então provavelmente seu primeiro celular com Android foi adquirido há bastante tempo. Agora, se este nome não é familiar para você, não se preocupe. Preparamos um artigo especial com todos os detalhes que marcaram a trajetória do Google Play, antigo Android Market, a maior loja de apps para celulares da história. Veja a seguir.

Android Market para Google Play

O Android Market nasceu junto com os primeiros celulares Android que foram lançados no decorrer de 2008. Hoje, com 11 anos de vida, a loja coleciona altos e baixos, que vão desde números impressionantes de downloads até problemas de segurança relacionados com aplicações maliciosas.

Diferente do Android, que é um sistema de código-aberto e que pode ser acessado e desenvolvido por qualquer empresa ou usuário avançado, o Google Play só é instalado em celulares certificados, que são homologados pelo próprio Google. Isso é necessário pois a loja tem conteúdo original e também pago, o que requer alguns cuidados com segurança e uso de informações, sobretudo em plataformas que processam pagamentos.


Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.

Google Play: saiba tudo sobre a loja de apps - 2
Evolução dos ícones da loja: do Android Market, em 2008, até Google Play em 2019

O Android Market durou cinco anos, sendo substituído, em 2012, pela marca Play Store, que mais tarde foi rebatizada de Google Play. A mudança de nome foi necessária para atender a nova estratégia do Google de oferecer produtos que vão além dos celulares Android e estão em outras plataformas, como computadores e Smart TVs, por exemplo. Assim, o Google Play se tornou uma loja mais ampla que hoje está presente em milhares de outros aparelhos.

Em 2012, contudo, a loja centralizava apenas duas outras categorias: Google Music (depois rebatizado de Play Música) e Google eBookstore (depois, Play Livros). Outras foram incorporadas ao longo dos últimos anos, como o Google Play Filmes e o Play Banca.

Controversas do Google Play

Atualmente, o Google Play é a maior loja de aplicativos para celulares, sendo também a maior em número de opções grátis (comparando com a App Store). Com grandes números, grandes responsabilidades e desafios chegaram, e foi questão de tempo até que os problemas começassem a bater na porta do Google.

Logo, a Play Store também é considerada como a loja menos segura e com o maior número de apps maliciosos em circulação quando comparada a App Store (Apple). Isso se deve a política pouco eficiente de homologação de aplicativos e jogos hospedados para avaliação por centenas de desenvolvedores. Casos de roubo de dados e de mineração de criptomoedas sem o conhecimento do usuário se tornaram populares entre os anos de 2016 e 2018.

Google Play: saiba tudo sobre a loja de apps - 3
Visual do Google Play até 2018

Além de otimizar seus protocolos de segurança com o passar do tempo, o Google embutiu no Google Play o Play Protect, que nada mais é do que um antivírus que escaneia o conteúdo que está dentro da loja e que pode ser baixado por todos os usuários. O sistema Android também teve seu sistema de permissões otimizado para que o usuário consiga controlar os acessos que são fornecidos a apps instalados.

Google Play em números

O Google Play tem números expressivos e passou por mudanças que marcaram seus usuários em vários sentidos. Eles são:

  • São 3,6 milhões de aplicativos disponíveis até 2018;
  • Google Play é, atualmente, quase 70% maior que a App Store;
  • Em 2015, 3,15% dos apps do Google Play tinham comportamento malicioso;
  • Só em 2017, 17,5 mil apps migraram do iOS para o Android;
  • O Google Play chegou ao sistema Chrome OS em 2016;
  • Na China, atualmente, não há celulares Android com Google Play instalada;
  • Em 2015, o Google Play recebia 6 bilhões de denúncias de apps fraudulentos por dia dos usuários;
  • O Brasil fechou 2017 na quinta posição no ranking dos países que mais desenvolvem aplicativos para o Google Play;
  • O aplicativo mais baixado na história do Google Play é o WhatsApp;
  • O jogo mais baixado de todos os tempos é o “Pou”, que desbancou o reinado de anos no topo do Subway Surfers em 2017.

Você conhecia todos esses números e curiosidades sobre a Google Play? Conte pra gente nos comentários.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste