Mundo Tech

Instagram remove publicações que apoiam general iraniano

Instagram remove publicações que apoiam general iraniano - 1

No último dia 2, o iraniano Qassem Soleimani, líder da Guarda Revolucionária Islâmica, foi morto em uma operação militar comandada pelos Estados Unidos. Desde então, publicações a favor do general iraniano e contra os oficiais militares dos EUA encheram redes sociais como o Facebook e o Instagram. Frente a isso, essas redes passaram a remover as publicações em favor do islâmico.

Em um comunicado fornecido à CNN, o Facebook chegou a afirmar que sua empresa segue as leis de sanções dos EUA. Com isso em mente, o Instagram até suspendeu a conta de Soleimani na plataforma depois que os EUA designaram o IRGC como uma organização terrorista no ano passado. Ainda de acordo com a CNN, o Facebook relata que o Instagram remove contas executadas por de pessoas ou organizações sancionadas para cumprir a lei dos EUA e postagens que apoiam as ações de partidos e indivíduos sancionados.

Instagram remove publicações que apoiam general iraniano - 2
Instagram remove publicações que apoiam general iraniano

Acontece que depois do assassinato de Soleimani, pelo menos 15 jornalistas iranianos tiveram suas contas suspensas. O Instagram até restaurou algumas delas, mas as postagens com informações sobre o general foram excluídas permanentemente.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.

Falando agora de outra rede social: no Twitter, o porta-voz do governo Ali Rabiei protestou contra as ações do Instagram: “Em uma ação não democrática e sem escrúpulos, o Instagram bloqueou a voz de uma nação inocente que estava protestando contra o assassinato do general Soleimani, enquanto os verdadeiros terroristas têm direito a uma voz livre”, publicou.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech