Mundo Tech Tecnologia

Mais de 3 milhões de linhas fixas de telefone deixaram de existir em um ano

Mais de 3 milhões de linhas fixas de telefone deixaram de existir em um ano - 1

A telefonia fixa tem se tornado coisa do passado em muitas residências do Brasil. Os dados do Serviço Telefônico Comutado (STFC) mostram que, em um ano, mais de 3 milhões de linhas deste tipo deixaram de existir.

O levantamento foi apresentado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em julho, eram 35,45 milhões de brasileiros com linhas fixas, o que representou uma queda de 3,09 milhões em comparação com o mesmo mês do ano passado. Isso significa uma redução de 7,94% do total. Na comparação mensal, entre julho e junho deste ano, foram 233,89 mil linhas fixas a menos.

A Vivo ainda é a empresa com maior número de clientes do tipo, com 32,80% do total. Ela é seguida pela Oi (31,31%), Claro (28,26%) e TIM, com apenas 2,83%.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.

Apesar do número menor, a TIM foi a única empresa que registrou aumento nas linhas no ano e no levantamento mensal. Em 12 meses, houve crescimento de 214 mil clientes (aumento de 23,70%). Só entre junho e julho, foram 15 mil novas linhas (mais 1,58%).

A queda tem direta ligação com o avanço de contas particulares em smartphones, não justificando o pagamento para uso do telefone fixo em casa. Contudo, ainda há registro de contas deste tipo, muito em parte, em vendas conjuntas com pacotes de TV e internet.

Os dados completos estão disponíveis no portal da Anatel.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste