Mundo Tech

Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica!

Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! - 1

Você, que voltou das férias de fim de ano e já está na labuta. Você, que só volta na segunda-feira (6), mas já está sentindo aquela depressão de fim de recesso porque em poucos dias tudo volta ao normal. Já está se sentindo esgotado mesmo que o ano útil esteja apenas começando? Pois é, essa sensação é compartilhada por muitos assim que retornam ao trabalho após um período de folga — e a ciência explica por que isso acontece.

Jeroen Nawijn, psicólogo da Universidade de Ciências Aplicadas de Breda, na Holanda, fez um estudo para entender por que após um período de descanso, que em teoria causaria um benefício ao nosso bem-estar, nós nos sentimos mentalmente esgotados. Para ele, as pessoas “provavelmente se sentem melhor durante as férias porque têm mais liberdade para fazer o que querem”.

E Suzanne Degges-White, terapeuta e presidente do Departamento de Aconselhamento e Ensino Superior da Northern Illinois University, nos Estados Unidos, concorda. “Quando voltamos ao mundo do trabalho, a maioria de nós precisa responder a alguém sobre o que estamos fazendo, como estamos fazendo e quando vamos terminar”, porque as responsabilidades não simplesmente desaparecem porque saímos de férias. “Muitos temem o retorno por saberem que os problemas podem até ter se acumulado durante sua ausência”, ela completa, dizendo ainda que “pode ter uma pilha de novos pedidos além das tarefas inacabadas que foram deixadas para trás”.


CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

Para os pesquisadores, outro fator que colabora para com essa sensação de desânimo quando voltamos ao trabalho após as férias está relacionado com os padrões de sono. No período de sossego, a rotina é afrouxada; ou seja, dormimos na hora que queremos e podemos acordar naturalmente, sem depender do despertador. Já ao voltar à “vida normal”, é preciso retomar a rotina dos dias úteis, com os horários rígidos que devem ser seguidos. Ainda, Degges-White levanta como coadjuvante do problema nossos hábitos alimentares — comer demais durante as férias, bem como beber além da conta em dias em que isso não aconteceria na rotina normal, pode prejudicar o bem-estar logo que voltamos à labuta.

Como voltar ao trabalho depois das férias sem dizer que “queria estar morta”?

Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! - 2

Para se desapegar da sensação de desespero ao perceber que o sossego acabou e o trabalho nos aguarda, Nawijn dá algumas recomendações visando a manutenção da saúde mental. Preparar-se com alguma antecedência antes do fim das férias é um bom primeiro passo, mesmo que isso signifique pensar no trabalho antes da hora. Um bom exemplo disso seria criar uma lista de tarefas para organizar antecipadamente sua primeira semana de trabalho; dessa maneira, você saberá o que esperar e não ficará desesperado no primeiro dia de retorno com o “turbilhão” de coisas a fazer.

Outra boa dica é começar a planejar suas próximas férias desde já, mesmo que isso demore mais um ano para acontecer. “A única coisa que sempre funcionou para mim é reservar outra viagem o mais rápido possível”, revela a escritora Nneka Okona. Ela explica que sua “depressão pós-férias” fica muito menor se souber exatamente quanto tempo esperará até o próximo descanso.

Okona também recomenda trazer de sua viagem uma lembrança útil, em vez de comprar apenas aqueles tradicionais ímãs de geladeira e canecas decorativas, para que esses souvenirs façam sentido em sua vida durante os meses em que você não poderá viajar novamente. Trazer de outras cidades, estados e países coisas como especiarias que não se encontra onde você mora, bem como geléias “diferentonas” e coisas do tipo são um bom jeito de continuar sentindo o gostinho — literalmente — daqueles dias de descanso tão preciosos.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste