Mundo Tech Tecnologia

Saiba quais de seus dados o Facebook pode acessar e a importância de observá-los

Saiba quais de seus dados o Facebook pode acessar e a importância de observá-los - 1

O Facebook mantém uma série de dados sobre seus usuários e isso não é segredo para ninguém. No entanto, poucos sabem exatamente quais são eles, nem como a empresa pode vir a utilizá-los.

Existe, porém, uma ferramenta disponibilizada pelo próprio Facebook que pode lhe ajudar a entender melhor quais informações suas estarão guardadas, bem como acessar dados confidenciais de sua conta.

Logo, veja como o Facebook permite que você acesse suas informações confidenciais

Para ter acesso a todas as informações que o Facebook mantém sobre você e suas atividades na rede, basta acessar o menu configurações e, sem seguida, ir até “Suas informações no Facebook”. Depois, clique em “acesse suas informações” para ter acesso à página que mostra, praticamente, todas as atividades que já foram realizadas por você desde a criação de sua conta. São elas:


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

  • Publicações;
  • Vídeos;
  • Fotos;
  • Mensagens do Messenger (sim, até isso!);
  • Comentários;
  • Curtidas;
  • Lista de amigos;
  • Pessoas que você segue ou que lhe seguem;
  • Seus grupos;
  • Eventos;
  • Informações do perfil (como cidade, estado civil, local de estudo/trabalho);
  • Páginas curtidas;
  • Pagamentos;
  • Atividades de compras;
  • Publicações salvas;
  • Aplicativos e sites que tenham sido conectados à sua conta;
  • Cutucadas e outras interações com usuários (o Facebook não está de brincadeira).
  • Histórico de pesquisa;
  • Localização;
  • Ligações e mensagens (bem como seus contatos);
  • Reconhecimento facial, logins e segurança;
  • Informações de sua rede.

Além disso, com base nessas informações todas, é possível que o Facebook trace o seu perfil e lhe apresente anúncios que serão relevantes para suas preferências.

Saiba quais de seus dados o Facebook pode acessar e a importância de observá-los - 2
Veja como o Facebook permite que você acesse suas informações confidenciais

Como navegar pelas informações que o Facebook tem de você

É possível baixar todas essas informações em um arquivo, pois o Facebook deve transparência a seus usuários. Para fazer isso, siga os seguintes passos:

Primeiro, acesse as suas configurações do Facebook e clique em “suas informações no Facebook”. A seguinte página será mostrada.

Saiba quais de seus dados o Facebook pode acessar e a importância de observá-los - 3
Veja como o Facebook permite que você acesse suas informações confidenciais / Captura de tela: Ariane Velasco

Depois, em “Baixar suas informações”, clique em “visualizar”. Uma nova página será aberta.

Saiba quais de seus dados o Facebook pode acessar e a importância de observá-los - 4
Veja como o Facebook permite que você acesse suas informações confidenciais / Captura de tela: Ariane Velasco

Abaixo de “novo arquivo”, você deverá alterar as configurações da seguinte maneira:

  • Datas: selecione “Todos os meus dados” ou selecione um intervalo específico de tempo no qual deseja identificar suas informações.
  • Formato: Você pode escolher entre HTML ou JSON.
  • Qualidade da mídia: O Facebook permite escolher entre alta, média ou baixa.
Saiba quais de seus dados o Facebook pode acessar e a importância de observá-los - 5
Veja como o Facebook permite que você acesse suas informações confidenciais / Captura de tela: Ariane Velasco

Quando terminar de editar as informações, basta criar o seu arquivo.

Uma vez que o Facebook tenha unido todas as suas informações em um arquivo, você receberá uma notificação via e-mail. O arquivo poderá ser baixado em “Arquivos disponíveis”.

Por último, basta baixar o documento.

Informações extras

No entanto, esse documento disponibilizado para download no Facebook não contém todas as informações que a rede social pode coletar sobre você. Por isso, é importante acessar a política de dados do site, onde todos os acessos são especificados.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste