Mundo Tech

Twitter bane animações que podem ser usadas para causar convulsões em epiléticos

Twitter bane animações que podem ser usadas para causar convulsões em epiléticos - 1

Neste mês, a Epilepsy Foundation alertou sobre a existência de um novo ataque de pessoas mal-intencionadas, que usam uma combinação de luzes estroboscópicas em imagens animadas capazes de acionar o gatilho causador de convulsões em pessoas que sofrem de epilepsia. Agora, o Twitter comunica oficialmente que está banindo os arquivos animados em PNG, chamados APNGs (semelhantes aos GIFs de JPG) que contenham essa ameaça.

O Twitter descobriu um bug que permitia aos usuários ignorarem suas configurações de reprodução automática e permitir várias imagens animadas em um único tweet usando o formato de arquivo APNG. “Os APNGs eram divertidos, mas não respeitam as configurações de reprodução automática, por isso estamos removendo a capacidade de adicioná-los aos Tweets. Isto é para a segurança de pessoas com sensibilidade ao movimento e imagens intermitentes, incluindo aquelas com epilepsia”, comenta o comunicado.

Os tweets com imagens APNG existentes não serão excluídos da plataforma, mas apenas os GIFs poderão animar as imagens daqui para frente. De acordo com o Yahoo, o Twitter esclareceu ainda que os arquivos APNG não foram usados para atingir a Epilepsy Foundation, mas o bug poderia ser usado para esse fim futuramente.

Vale destacar que esse assunto já esteve em discussão anteriormente, pois, em 2016, um juiz do Texas condenou um homem sob acusação do uso de imagens animadas como arma mortal. No caso, o jornalista Kurt Eichenwald, que de epilepsia, sofreu um ataque epilético após receber o GIF.

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste