Tecnologia

Quantum FLY vs Concorrentes: batalha de titãs!

Com o recente lançamento do Quantum FLY, nós da Quantum fizemos um bom barulho no mercado de smartphones. Também pudera, com um aparelho tão poderoso por um preço tão baixo, não é surpresa que nossos estoques tenham se esgotado em 24 horas e já exista uma lista de espera para os próximos lotes. Um verdadeiro topo de linha, o Quantum FLY é capaz de competir em pé de igualdade tanto contra lançamentos recentes quanto contra aparelhos consagrados de grandes multinacionais. Vamos fazer uma comparação rápida do Quantum FLY vs concorrentes, mais especificamente o LG G5 SE, Samsung Galaxy S6, Motorola Moto X Force e iPhone 6. Primeiro, as fichas técnicas:

Tabela comparativa, Quantum FLY vs concorrentes. Preços oficiais sugeridos pelos fabricantes.
Tabela comparativa entre o Quantum FLY e concorrentes. Preços oficiais sugeridos pelos fabricantes.
Preço promocional de lançamento para o Quantum FLY, R$ 1.299 para pagamento à vista.

Quantum FLY vs Concorrentes

Vamos começar falando do desempenho, afinal o Quantum FLY é o primeiro smartphone deca-core na América Latina, equipado com o poderoso processador MediaTek Helio X20. Acompanhado de 3 GB de RAM e 32 GB de memória interna (expansível) de alta velocidade, isso significa desempenho superior ao de todos os concorrentes aqui listados, como demonstrado por benchmarks como o AnTuTu 6.

Benchmarks comparativos do Quantum FLY contra alguns de seus concorrentes.
Benchmarks comparativos do Quantum FLY contra alguns de seus concorrentes.
Valores em pontos, quanto mais melhor.

Os 10 núcleos fazem a diferença não só na hora de rodar os apps e jogos mais pesados, mas também tem um benefício inesperado: ajudam a economizar bateria. Isso porque os núcleos são divididos em três grupos de acordo com seu perfil de eficiência energética: um otimizado para o menor consumo possível, um equilibrado e um otimizado para desempenho máximo.

O processador tem inteligência suficiente para analisar o app em execução e delegar a tarefa aos núcleos mais adequados, evitando o desperdício, já que muitas tarefas do dia-a-dia podem ser executadas confortavelmente pelos núcleos de baixo consumo. Some a isso uma bateria de 3.000 mAh, maior que a de muitos concorrentes, e você tem um aparelho que consegue acompanhá-lo até o fim do dia sem uma “paradinha” para recarregar no meio da jornada.

O Quantum FLY é o primeiro smartphone no mercado nacional com um processador deca-core, o MediaTek Helio X20
O Quantum FLY é o primeiro smartphone no mercado nacional com um processador deca-core, o MediaTek Helio X20

A tela também merece destaque: optamos por uma tela de 5.2” por uma questão de ergonomia, já que nossos estudos apontaram que este é o tamanho mais confortável para operação com uma só mão no dia-a-dia e está se tornando uma tendência mundial. Com tecnologia IPS e resolução Full HD (1080 x 1920 pixels), a tela tem densidade de 421 PPI, o que significa excelente ângulo de visão e imagens muito mais nítidas e realistas.

O conforto também pautou outras decisões do design, como os 7,5 mm de espessura, 140 gramas de peso, o acabamento em alumínio acetinado na tampa traseira e até mesmo a posição do leitor de impressões digitais: ele fica na tampa traseira, logo acima do logo da Quantum, em um local de fácil alcance do dedo indicador não importa com que mão você segure o smartphone. Graças a ele você não precisa memorizar senhas ou bolar padrões, basta um toque para desbloquear o aparelho instantâneamente.

O sensor de impressão digital está em uma posição ergonômica, na traseira do aparelho.
O sensor de impressão digital está em uma posição ergonômica, na traseira do aparelho.

Na comparação do Quantum FLY vs concorrentes as câmeras também se destacam: a de 16 MP na traseira tem flash Dual Tone, ou seja, duas lâmpadas de cores diferentes que tem sua intensidade controlada por software para produzir uma luz mais “equilibrada” de acordo com a cena fotografada, evitando o “branco total radiante” dos flashes comuns. Também adicionamos a ela o sistema PDAF (Phase Detect Auto-Focus), vindo de câmeras digitais profissionais, que garante foco mais rápido e preciso, em apenas 0,03 segundos.

Na câmera frontal o destaque é o sensor de 8 MP, o melhor entre os concorrentes aqui mencionados, acompanhado por um flash LED. Além disso, fizemos um cuidadoso trabalho de otimização do software da câmera, para que suas selfies saiam melhores do que nunca.

fly_cameras
Acima, câmera traseira do Quantum FLY e flash Dual Tone. Abaixo, a câmera frontal (à esquerda) e seu flash LED (à direita).

Mas talvez o maior trunfo do Quantum FLY vs concorrentes seja o preço: a partir de R$ 1.299 (preço promocional de lançamento para pagamento à vista), menos da metade do valor cobrado por alguns dos concorrentes aqui mencionados. Visite nosso site para saber mais sobre o Quantum FLY e peça já o seu!


Talvez você também goste