Mundo Tech

Vídeo mostra detalhes de como são os trajes espaciais futuristas da SpaceX

Vídeo mostra detalhes de como são os trajes espaciais futuristas da SpaceX - 1

Quando os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley foram enviados à ISS em uma nave da SpaceX, eles utilizaram um traje especialmente projetado e confeccionado pela própria empresa de Elon Musk. Agora, podemos conhecer um pouco mais sobre essa peça importante das viagens espaciais, graças a um vídeo que mostra os bastidores dessa produção.

Mais do que elegante e com ares hollywoodianos, o traje da SpaceX se ajusta perfeitamente à cabine da cápsula Crew Dragon e suas funções. Esse é um dos motivos que levaram a empresa a decidir criar essas vestes por conta própria, uma decisão incomum – até mesmo a NASA prefere contratar empresas especializadas no assunto.

Tudo acontece na própria sede da SpaceX, em Hawthorne, Califórnia. Os trajes exclusivos e futuristas precisavam ser um complemento perfeito da Crew Dragon, tanto estética quanto funcionalmente. Por isso, a empresa deveria ter todo o controle do design e funções, nos mínimos detalhes.


Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

Chris Trigg da SpaceX, gerente de trajes espaciais e de tripulação, e Maria Sundeen, especialista líder no assunto, apresentam o vídeo dos bastidores, revelando o conceito, processos de design e a produção do traje. Trigg observa que o traje é, literalmente, parte do sistema que inclui o assento da nave, e foi projetado para conectar e fornecer automaticamente tudo o que os astronautas eles precisam.

Isso significa que eles contam com um sistema de comunicação e controle de temperatura embutidos, além de rádio e microfones acoplados ao capacete e fornecimento de ar e energia elétrica através de uma espécie de cabo umbilical, conectado ao assento do astronauta. Além disso, são resistentes a chamas e impactos.

Também foi necessário criar luvas que proporcionassem pressurização e proteção, mas sem que os astronautas perdessem a capacidade de interagir com a tela sensível ao toque a bordo da nave. Tudo foi projetado para ser plug-and-play, ou seja, cada equipamento é “algo que a equipe literalmente precisa conectar quando se senta e, em seguida, o traje se encarrega de tudo a partir daí”, disse Trigg. “É realmente uma parte do veículo”.

Bob Behnken e Doug Hurley vestirão o traje novamente no final desta semana, quando entrarem na Crew Dragon para voltar à Terra. A nave deve deixar a ISS em 1º de agosto e mergulhar no Oceano Atlântico com astronautas a bordo no dia seguinte, se as condições climáticas permitirem.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech