Mundo Tech Tecnologia

WhatsApp ganha recurso que permite usuário aceitar ou não convites para grupos

As eleições parlamentares da India, mais conhecidas como Lok Sabha, acontecerão daqui a duas semanas. E, como vocês bem sabem, o pleito – tal qual ocorreu no Brasil – poderá ser inundado de notícias falsas e correntes em grupos de lado a lado.

Com isso em vista, o Facebook, que acabou de incluir uma ferramenta de checagem de fatos no mensageiro, anunciou uma nova configuração de privacidade para grupos. Agora os usuários poderão decidir se querem entrar em um grupo ou não.

Para ativar o novo recurso de privacidade, tudo o que você precisa fazer é ir às configurações do aplicativo, seja no Android ou iOS, e navegar por Conta> Privacidade> Grupos e selecionar qualquer uma das três opções: Ninguém, Meus contatos ou Todos. Explicamos:

  • Ninguém: Você teria que aprovar a adesão a todos os grupos em que você é convidado.
  • Sem contatos: Isso significa que apenas aqueles que são adicionados à sua lista de contatos do WhatsApp podem adicionar você em grupos.
  • Todo mundo: Isso significa que qualquer pessoa no WhatsApp que tenha seu número pode adicionar você em qualquer grupo.

“Nesses casos, a pessoa que o convidar para um grupo será solicitada a enviar um convite particular por meio de um bate-papo individual, dando a você a opção de ingressar no grupo. Você terá três dias para aceitar o convite antes que ele expire”, explica o WhatsApp em comunicado.

A empresa diz que a razão por trás disso é dar aos usuários mais controle sobre as mensagens de grupo que recebem. Essas novas configurações de privacidade serão lançadas a partir desta quarta-feira (03) para alguns usuários e chegarão a todo o mundo em breve, como parte da atualização do aplicativo.

O WhatsApp tomou várias medidas no passado para impedir a disseminação de notícias falsas e impedir que os usuários façam parte do spam enviado pelos grupos. Uma das maiores mudanças feitas foi a limitação do encaminhamento de mensagem para apenas cinco chats de uma só vez.

Fonte: Canaltech


Talvez você também goste