Finanças Pessoais

Christian Boamond e sua trajetória de garimpeiro a empresário internacional do ramo de cristais

Algumas vezes a gente depara com histórias de vida e imagina que daria um roteiro de filme. A saga de Christian Boamond Rodrigues, de garimpeiro a empresário do ramo de cristais e vendedor de pedras semipreciosas para o mundo inteiro com apenas 24 anos de idade, seria um bom enredo para as telas de cinema.

A história do herói do nosso filme tem como cenário as minas de cristais no estado de Minas Gerais dos anos 80. Filho de família de cristaleiros, praticamente fundadores do comércio de cristais na região, Christian viu o pai quase entrando em falência em razão de uma crise, desfazendo dos bens, separando da esposa e deixando a família.

Christian conta que após a separação a família foi se desfazendo de terrenos, casas, fazendas e bens. A mãe decidiu mudar com a família para Bahia, mas sem fontes de rendas ou condições de emprego, acabou retornando sem a companhia do filho, com 16 anos na época, que decidiu continuar fazendo alguns bicos e trabalhando em uma pequena academia.

“Fim de semana passei a frequentar os garimpos de cristais da região. Vivia apertado com uma renda bem baixa, pois não recebia salário mínimo. Fiquei assim um ano e meio até arrumar um trabalho de segurança noturno. Trabalhava como segurança das 21 horas às 5 da manhã e na academia das 8 da manhã até 19 horas. Dormia cerca de três horas por dia e ainda mantinha a rotina dos garimpos. Dei o dinheiro das vendas dos cristais como valor de entrada na compra da academia com a obrigação de pagar o restante durante três anos. Mantive o emprego de segurança, já que a academia rendia somente o valor para pagar a parcela mensal”, lembra Christian.

Durante quatro anos manteve a rotina de trabalhar na academia no período diurno e como segurança na madrugada. Com as restrições da pandemia a academia ficou fechada vários dias entrando em processo de falência. “Tomei a decisão de arriscar no comércio de cristais. Tinha apenas 400 reais de capital e no início os primeiros clientes eram pessoas da família entre tios e primos. O negócio de cristais ganhou efervescência no exterior e através das redes sociais conquistei clientes de países estrangeiros. As vendas aumentaram e depois de um ano e meio no mercado com centenas de clientes minha loja ficou bastante conhecida no exterior crescendo cada vez mais”, completa Christian.

Hoje, realizado e feliz como empresário, comprando, vendendo e exportando cristais, Christian tem como objetivo de vida expandir seu comércio e seu nome no exterior. Planeja participar das feiras anuais que acontecem pelo mundo vendendo seu produto e mostrando seu trabalho, além de fazer excursões com estrangeiros para que conheçam as histórias do Brasil e a origem dos cristais. Para acompanhar mais sobre seu trabalho seu Instagram é https://instagram.com/chris_gemstones

Christian Boamond e sua trajetória de garimpeiro a empresário internacional do ramo de cristais - 2

Conteúdo produzido por Seja Mais Digital e enviado por Joyce Silva.

Fonte: Observatório dos Famosos