Famosos

Fábio Porchat sobre sua adolescência: “Eu era racista, homofóbico e machista”

Foto: Reprodução/Instagram

Fábio Porchat esteve nessa quarta-feira (24), no programa Conversa com Bial. O apresentador participou do programa de seu antigo concorrente. Ele que está prestes a estrear em Que História É Essa, na GNT, falou sobre sua adolescência e analisou como enxerga a vida atualmente.

“Sempre sofri muito bullying de [ser chamado de] viadinho. Para criança e adolescente na escola é o pior problema do mundo. Depois de adulto entendi que ser gay não é problema de caráter”, explicou ele, e contou que por outro lado, também descontava.

“Eu era horrível. Lógico que eu era um adolescente racista, homofóbico, machista, total, contava piadas racistas das piores. É importante que a gente perceba que acabou. Era bom pra mim, pra você, homem branco, hétero. Pro resto da população era uma merda. Fiz brincadeiras que machucaram pessoas, como também fui machucado. Hoje as coisas estão mudando”.

Segundo Porchat, seu programa não seguirá o formato de talk show, como era na Record. “Não é entrevista, não é talk show e não tem game. São três famosos e alguns anônimos contando suas histórias. Todo mundo tem uma história boa para contar. É um programa para sentar e conversar”, disse ele, em entrevista para Cristina Padiglione.

Fonte: Observatório dos Famosos


Talvez você também goste