Diversão

Fãs desconfiam que Aaron Carter morreu de overdose durante live e chamam a polícia

A polícia e o corpo de bombeiros visitaram a casa do cantor Aaron Carter na Califórnia na última quarta-feira (dia 18) depois de receber uma ligação sobre uma possível overdose do músico. O incidente porém, se provou um alarme falso. O assistente do cantor tranquilizou os fãs e afirmou ao portal E! News que o irmão de Nick Carter está “vivo e bem”.

O comandante de vigia do departamento de polícia de Lancaster declarou ao portal de notícias que o telefonema aconteceu na noite de quarta. Segundo informações do TMZ, que deu a notícia em primeira mão, Carter estava fazendo uma transmissão ao vivo nas rede sociais quando repentinamente acabou pegando no sono. O cantor não respondeu mais as interações com os fãs durante a live, preocupando os seguidores que acompanhavam a transmissão, e acabaram telefonando para a polícia. Muitos fãs chegaram a mandar mensagens na transmissão ao vivo pensando que o cantor teria morrido.

Os policiais entraram na casa a força e foram ao quarto de Aaron depois que ninguém atendeu a porta. A polícia confirmou que a porta de Aaron foi arrombada para uma entrada forçada. No interior da residência, as autoridades desconfiaram do alarme falso e acordaram o cantor.

O músico revelou ao TMZ que os policiais lhe perguntaram se ele era suicida, tinha tomado quaisquer remédios ou ameaçava machucar a si mesmo. Aaron Carter, vale lembrar, recentemente foi levado ao hospital pela própria mãe por perda excessiva de peso o que já vinha preocupando os fãs.

Fãs desconfiam que Aaron Carter morreu de overdose durante live e chamam a polícia - 1

O comandante do departamento de polícia explicou que o cantor pode preencher um formulário na delegacia se quiser que sua porta arrombada seja substituída. “Eu não sei quem ligou, mas todos vocês precisam relaxar”, afirmou Carter a seus fãs em uma transmissão ao vivo.

Aaron Carter broken door

As preocupações dos fãs com o cantor já vêm se arrastando ao longo deste ano, pelo fato do músico ter chegado a revelar possuir uma coleção de armas em casa além de mostrar sinais de consumo de drogas, surtos psicóticos e por ele fazer ameaças de morte à esposa de seu irmão Nick Carter. Aaron afirmou recentemente que está passando por tratamentos psiquiátricos e já vendeu todas as suas armas.

Fonte: Observatório de Música


Talvez você também goste