Sua Música

Elvis Presley detestava cantar um de seus maiores sucessos; descubra

“Burning Love” é sem dúvida uma das músicas de Elvis Presley que mais fez sucesso. No entanto, O Rei do Rock tinha uma razão bastante específica para não gostar desta canção. Até o músico que tocou baixo na faixa não gostava dela. Eis a razão.

Em primeiro lugar, vale lembrar que ‘Burning Love’ é de uma longa série de canções sobre amor e sexo que comparam o ato íntimo a uma experiência religiosa. Canções posteriores também usam a mesma comparação, como “Hallelujah” de Leonard Cohen, “Like a Prayer” da Madonna, e “Religion” da Lana Del Rey. Enquanto todas essas canções são ao menos um pouco sérias, “Burning Love” é um pouco exagerada.

Elvis Presley rehearsing on
(FOTO: Reprodução)

Em entrevista com a Rolling Stone, Ronnie Tutt, o baterista de Elvis, revelou que ele e outros membros da banda tentaram fazer Elvis retornar às suas raízes musicais mais tarde em sua carreira. “Burning Love” é muito mais semelhante ao material inicial do Rei do Rock do que as suas baladas dos anos 60.

No entanto, ele ainda tinha problemas com ‘Burning Love’. “Basicamente tentamos convencê-lo a fazer mais rock ‘n’ roll”, disse o baterista. “‘Burning Love’ tinha potencial. Ele nunca se sentiu à vontade com a música por causa da letra”.

Por qual motivo Elvis Presley não gostava da letra?

De acordo com o livro “Elvis Presley: Caught in a Trap”, Elvis achava a letra da canção estranha. Quando ele gravou “Burning Love”, acrescentou um trecho que fazia referência a um dos seus primeiros sucessos. Perto do final de “Burning Love”, o astro canta que é um “hunk a hunk a burnin’ love”. Ou, em tradução livre, ele canta: “eu sou apenas um pedaço, um pedaço de amor ardente”.

Isto é uma referência ao seu sucesso dos anos 1960 “A Big Hunk o’ Love”, que atingiu o topo da Billboard Hot 100, a parada de hits mais importante dos Estados Unidos. O livro “Elvis Presley: Caught in a Trap” diz que o Rei do Rock havia adicionado “A Big Hunk o’ Love” na época que lançou “Burning Love”. Além das letras semelhantes, ambas as faixas estão fortemente ligadas ao rock dos anos 50.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Depois de gravar “Burning Love”, Elvis comentou como era difícil encontrar boas canções de rock. Sem falar que o guitarrista da canção, Emory Gordy Jr., ficou envergonhado com a faixa. Ele disse que soava como “um solo de baixo com Elvis Presley”.

Elvis podia não gostar da música, mas seus fãs não compartilhavam da mesma opinião: a faixa atingiu o segundo lugar na Billboard Hot 100.

Fonte: Observatório de Música