TV, Filmes & Séries

Confira os erros históricos da 4ª temporada de The Last Kingdom

Para quem gosta de séries históricas como Vikings, The Last Kingdom é uma boa pedida. A produção da Netflix já lançou quatro temporadas elogiadas por público e crítica.

Centrada no polêmico Uhtred de Bebbanburg, The Last Kingdom é uma adaptação de As Crônicas Saxônicas, de Bernard Cornwell. A co-produção da Netflix conta com personagens profundos, grandiosas cenas de ação e muita intriga política.

A quarta temporada da série conta com o retorno de vários personagens queridos e também a introdução de novas figuras, além de mortes impactantes.

Algumas questões históricas, no entanto, foram modificadas para uma maior fluidez narrativa.

Confira abaixo!

Confira os erros históricos da 4ª temporada de The Last Kingdom - 1

Aethelred

Em The Last Kingdom, Aethelred é caracterizado como um governante fraco e inseguro. Principalmente na quarta temporada, ele toma decisões precipitadas para garantir o poder de Mércia sobre Wessex e coloca o reino inteiro em perigo para alcançar seus objetivos.

Na vida real, Aethelred era um líder efetivo e pragmático, que nunca perdeu o domínio de Mércia para os dinamarqueses. O rei realmente deixou Mércia “desprotegida” nos primeiros anos do reinado de Edward, mas porque estava acamado com uma grave doença.

Confira os erros históricos da 4ª temporada de The Last Kingdom - 2

Aethelflaed

O relacionamento de Aelthelred e Aethelflaed também é mostrado de maneira bem diferente em The Last Kingdom do que era na vida real. Na série, o Rei despreza a Rainha e chega até a conspirar para sua morte.

Na vida real, o casal tinha uma ótima convivência. Aethelflaed atuava como representante do marido em vários eventos oficiais, além de liderar exércitos em batalhas enquanto Aethelred estava doente. Com a morte do marido, ela não enfrentou resistência dos nobres e se tornou rapidamente a Lady de Mércia.

Confira os erros históricos da 4ª temporada de The Last Kingdom - 3

Wessex e Mércia

Um arco central de The Last Kingdom é a tensão crescente entre Wessex e Mércia. Na quarta temporada, a situação fica ainda pior quando Aethelflaed se torna Rainha.

Só após ser convencido por Uthred que Aethelflaed tinha o apoio das tropas e do povo, Edward decide dialogar com a Rainha e tratá-la como uma importante aliada.

Na vida real, a história foi um pouco diferente.

Aethelflaed não enfrentou resistência ao controle de Wessex, e se tornou governante por direito mesmo se submetendo à autoridade de Edward. Os dois eram realmente aliados, e batalharam juntos contra as forças dos dinamarqueses.

Confira os erros históricos da 4ª temporada de The Last Kingdom - 4

Sigtryggr

Nos últimos episódios da quarta temporada de The Last Kingdom, o guerreiro dinamarquês Sigtryggr toma o controle de Wessex após Edward mover seus soldados para Mércia. O Rei fica desesperado e luta para recuperar a cidade fortificada.

Na vida real, isso não aconteceu. O verdadeiro Rei Edward não deixou seu reino vulnerável a ataques e coibiu com sucesso todos os avanços dos dinamarqueses de 914 a 918.

Quanto a Sigtryggr, o personagem realmente é inspirado em um guerreiro dinamarquês da vida real. No entanto, ele nunca fez nada tão impressionante como tomar Wessex.

A quarta temporada de The Last Kingdom está disponível na Netflix.

Fonte: Observatório do Cinema