TV, Filmes & Séries

Netflix investe US$ 55 milhões em série e diretor usa para comprar criptomoedas




Netflix investe US$ 55 milhões em série e diretor usa para comprar criptomoedas - 1

Carl Erik Rinsch, diretor de 47 Ronins, pegou os milhões de dólares que a Netflix lhe deu para sua série de ficção científica e usou tudo nos mercados de ações e criptomoedas, informou o The New York Times.

O diretor fechou um contrato de produção de US$ 61,2 milhões com a Netflix para uma série de ficção científica, informou John Carreyrou, do Times.

O Times informou que a Netflix havia investido US$ 44,3 milhões no programa de Rinsch, Conquest, até março de 2020, mas que Rinsch disse à empresa de streaming que precisava de mais dinheiro ou a produção seria interrompida.

A Netflix atendeu ao pedido de Rinsch e deu à sua produtora um adicional de US$ 11 milhões.

Mas nem todo esse dinheiro foi gasto na produção da série. Em vez disso, Rinsch usou US$ 10,5 milhões da rodada de financiamento de 2020 da Netflix para entrar no mercado de ações, informou o Times, citando processos judiciais e documentos financeiros de seu divórcio, e acabou perdendo US$ 5,9 milhões em negociações.

Rinsch então se voltou para o mercado de criptografia, informou o Times, mas dessa vez teve mais sorte. A compra da Dogecoin transformou a aposta de US$ 4 milhões de Rinsch em quase US$ 27 milhões, segundo o relatório.

Em seguida, Rinsch gastou US$ 8,7 milhões em carros de luxo e produtos de grife, informou o Times, citando as descobertas de um contador forense contratado pela esposa de Rinsch. As compras relatadas de Rinsch incluíram uma Ferrari e cinco Rolls-Royces.

Apesar de ter gasto mais de US$ 55 milhões na série de Rinsch, a Netflix ainda não recebeu nenhum episódio do diretor.

Keanu Reeves em 47 Ronins
Keanu Reeves em 47 Ronins

Netflix e diretor batalham judicialmente

Thomas Cherian, porta-voz da Netflix, disse ao Times que a empresa havia cancelado a série de Rinsch, acrescentando que estava “claro que o Sr. Rinsch nunca iria concluir o projeto que concordou em fazer”.

O Times informou que Rinsch e a Netflix estavam passando por um processo de arbitragem confidencial e que Rinsch, que iniciou a arbitragem, estava alegando que a Netflix lhe devia pelo menos US$ 14 milhões em indenização por quebra de contrato.

A filmografia de Rinsch consiste em apenas um filme, o filme de ação 47 Ronins, estrelado por Keanu Reeves, de 2013. O filme foi detonado pela crítica e foi um dos maiores fracassos de bilheteria daquele ano.

O post Netflix investe US$ 55 milhões em série e diretor usa para comprar criptomoedas apareceu primeiro em Observatório do Cinema.

Fonte: Observatório do Cinema

Continua após a publicidade..