Ciência & Tecnologia Tecnologia

Como planejar sua viagem de férias com alguém que mora longe

Há seis anos saí da casa dos meus pais. Fui morar em outra cidade com minha irmã – que já estava há três anos fora. Desde então meus pais encontraram um jeito de amenizar a síndrome do ninho vazio e passar tempo com a gente: fazer viagens. No nosso currículo, temos desde a praia mais próxima até outros países da América Latina.

Como boa parte das nossas viagens são planejadas à distância, o Skype é nosso maior aliado. E agora que estamos acertando os detalhes da nosso próximo e mais ousado destino resolvi contar como está sendo o processo e dar dicas pra você que também está planejando uma viagem com quem mora longe.

Traçando a rota


O continente estava definido: Europa. Só faltava escolher as cidades de destino. A única coisa certa para minha mãe é que tinha que ter Paris no meio, e no dia 4 de janeiro, para marcar o aniversário de 30 anos de casamento. Mas meus pais ainda tinham que escolher 3 cidades, dentre os 50 países do continente, para irem sozinhos, antes da minha chegada e da minha irmã no ponto de encontro que marcamos: a Alemanha. Eu defendia as cidades que mais gostei de conhecer em outras viagens, contando meus detalhes favoritos em chamadas com vídeo no Skype e enviando fotos dos locais. Perdi a conta de quantas vezes falamos sobre isso no Skype. O processo foi demorado, mas deu certo. E lá vão eles também para Lisboa, Madrid e Barcelona.

Uma ajuda, por favor


Se você não tem “em casa” pessoas que já conhecem a cidade de destino, vale sair por aí pedindo dicas para amigos e conhecidos. A não ser que esteja indo para a lua, provavelmente vai encontrar alguém que já foi. Mas, mais difícil que identificar essas pessoas é conseguir informações concretas naquele email que nunca chega. Uma solução que encontrei é marcar logo um encontro com essa pessoa – ou dependendo da agenda, marco logo uma chamada no Skype e fico com o bloco na mão pra anotar tudo.

Planos para depois


Procurar as atrações que os destinos oferecem e garantir os ingressos antes de ir é essencial. Nós já temos até uma técnica para fazer isso juntos: compartilhar a tela do computador para escolher no mapa de assentos os lugares que queremos comprar. Aliás, compartilhamento de tela pode ajudar em muita coisa na hora de planejar a viagem: escolher hóteis, ver distâncias no mapa… tudo como se vocês estivessem vendo a mesma tela.

LEIA MAIS

+ Parceria entre Skype e Positivo dá 60 minutos de graça para usuários e ainda ajuda o Instituto Ayrton Senna

+ Aprenda a instalar e usar o Skype em seu computador

A segunda melhor parte


A viagem não começa quando você entra no avião, ela já está acontecendo enquanto escrevo esse post. Planejar, sonhar, se irritar e sentir frio na barriga faz parte de tudo isso. E nessas horas compartilhar anseios e descobertas com quem está indo é muito legal. Aliás é esse o assunto que ocupa a maior parte das nossas costumeiras chamadas com vídeo nos finais de semana. Dica: crie um grupo no chat do Skype – e coloque como ícone a foto mais bonita do destino – use ele para trocar os links que encontrar, fotos e ideias que você tiver.

Prontos para decolar


Viagem é comoção em família. Então a gente sempre combina que ao chegar no destino vamos mandar uma mensagem de texto no Skype avisando um dos tios que está tudo bem. Se você faz questão de ligar, mas não quer gastar horrores com isso, o Crédito Skype também pode ser uma boa saída.

Que tal já deixar isso pronto? Aqui você encontra as tarifas e planos disponíveis para fazer chamadas de onde você estiver pra quem você quiser.


Talvez você também goste