Ciência & Tecnologia Tecnologia

Em busca de dinheiro, hacker se passa por amigo em aplicativos de conversa

Foto: Mundo Positivo

Quando Martin Cooper inventou o primeiro celular portátil da história, em 3 de abril de 1973, ele, provavelmente, não imaginou que o acessório se tornaria indispensável ao ser humano.

Seja para lazer ou trabalho, o objeto sobreveio a ter importância singular entre as pessoas. Entretanto, quase 50 anos depois, em tempos de “engenharia social” (técnicas de manipulação digitais usadas por cibercriminosos), o item tecnológico também passou a ser usado para aplicar golpes no universo online.

LEIA MAIS

+ É possível um celular pegar vírus do computador?
+ E-mails de promoções da Black Friday podem ser golpes
+ Por que é preciso manter o antivírus sempre atualizado?
+ Novo golpe do WhatsApp promete maquiagem de graça de O Boticário

Tanto que a última dos hackers, segundo o UOL, foi a criação de um crime digital sofisticado.

E o que seria isto? Eles, simplesmente, clonam os smartphones para invadirem as contas de WhatsApp, passarem-se pelas vítimas e pedirem dinheiro aos familiares, amigos e outros contatos.

Para isto, os criminosos clonam as linhas telefônicas, deixam os usuários sem sinal e aplicam o golpe durante este processo silencioso.

O termo “sofisticado” é usado, porque é difícil desconfiar que algum hacker possa fingir ser alguém próximo para extorquir qualquer quantia em dinheiro.

Como ter acesso à linha telefônica

A partir de informações disponíveis na internet, como: endereço, nome completo, CPF e data de nascimento, cibercriminosos conseguem entrar em contato com as operadoras e se passarem como proprietários da linha.

Por isso, para proteger-se:

1. Tenha sempre um código de acesso no celular;
2. Use várias contas de e-mail para acessar suas redes digitais e caixa de e-mail para, assim, dificultar a vida dos invasores;
3. Mude sua senha regularmente;
4. Não deixe de ter um antivírus instalado no aparelho para detectar pragas digitais e possíveis compartilhamentos suspeitos;
5. Utilize o Google Voice para fazer ligações só pela internet. Ao fazer o cadastro, você recebe um número diferente do seu celular.

Foto: Mundo Positivo

Tem alguma dúvida sobre segurança digital? Envie-nos um e-mail para: [email protected]

Quer saber mais sobre segurança na internet? A McAfee, maior empresa especialista em tecnologia de segurança do mundo, tem dicas e soluções que ajudam a proteger os consumidores e as empresas de todos os tamanhos contra os malwares e as ameaças online mais recentes. Para mais informações, acesse o site: http://www.mcafee.com/br.


Talvez você também goste