Mundo Notícias

Torre Eiffel 126 anos: veja 20 curiosidades do ícone francês

[mp_script_post_header]

A Torre Eiffel é um dos pontos turísticos mais visitados de Paris – e do mundo – e recebe milhões de visitantes todos os anos.

Nesta terça-feira, a estrela da cidade luz completa 126 anos de existência. Inaugurada em 31 de março de 1889 por ocasião do primeiro centenário da Revolução Francesa, ela foi parte integrante da Exposição Internacional.

Símbolo da capital francesa, a torre é feita de aço forjado e foi projetada por Fréderic August Bartholdi e Gustave Eiffel, que empresta seu nome à estrutura.

Conheça algumas curiosidades desse ícone.

Gigante de Paris
A Torre Eiffel foi inaugurada no dia 31 de março de 1889, sendo a maior construção humana do mundo na época, com 324 metros de altura e peso superior a 10 mil toneladas. O título de estrutura mais alta do mundo só foi perdido pela torre 41 anos depois, quando foi inaugurado, em Nova York, o arranha-ceu Chrysler Building.

Nas alturas
Em Paris, a estrutura da Torre Eiffel “reinou” nas alturas por décadas, tendo permanecido como a construção mais alta da cidade até 1973, quando foi inaugurada uma torre militar de transmissão em Saissac. Atualmente, o viaduto Millau é ainda mais alto, com 343 metros.

Haja degrau
É possível subir de escada até o topo da torre Eiffel, mas são nada mais, nada menos que 1.665 degraus. Não por acaso, a maior parte dos turistas prefere subir ao topo da torre com ajuda de um elevador.

Muitos admiradores
Desde que foi inaugurada, a torre Eiffel já foi visitada por pelo menos 250 milhões de pessoas.

Sobe e desce
Que os elevadores de um dos pontos turísticos mais visitados do mundo não param, isso a gente pode imaginar. Mas já pensou que a soma da distância percorrida durante todas as viagens entre a base e o topo da estrutura em um ano dá 103 mil quilômetros? Isso equivale a duas viagens e meia em volta da Terra.

É o frio…
Em baixas temperaturas, o metal faz com que a torre ‘encolha’ até 15 centímetros.

Cai-cai
A torre oscila em torno de seis a sete centímetros com o vento forte (que medo!).

#Corrupção
Gustave Eiffel, o engenheiro e arquiteto por atrás da construção, esteve envolvido em um escândalo financeiro durante a construção do Canal do Panamá, em 1893, tendo escapado da prisão por muito pouco, uma vez que o ex-ministro de Obras Públicas, Charles Baïhut, confessou sozinho o crime.

Sucesso rápido
A construção da torre levou exatamente 2 anos, dois meses e cinco dias – 180 anos a menos do que uma outra grande atração turística parisiense, a catedral de Notre Dame.

Estátua da Liberdade
O engenheiro Eiffel também participou do projeto das partes internas da Estátua da Liberdade, nos Estados Unidos.

Torre vetada
Durante a ocupação nazista em Paris, na Segunda Guerra Mundial, entre 1940 e 1944, os cabos dos elevadores da torre foram cortados, sendo que a visitação foi proibida ao público. Foi também nesta época que o topo da torre foi ocupado por uma suástica nazista.

Tinta nela!
A cada sete anos a torre Eiffel é pintada para manter o “visual”. Para isso são necessárias 60 toneladas de tinta!

Bis
Existem várias réplicas da torre Eiffel ao redor do mundo, sendo a de Las Vegas uma das mais famosas.

“Mãozinha” na guerra
A torre teve papel importante na vitória dos Aliados na Primeira Batalha do Marna, em 1914. Um dos transmissores na torre atrapalhou uma rádio alemã, atrasando o avanço das tropas e assim ajudando a coalização franco-britânica.

Outdoor ostentação
A fabricante de carros francesa Citröen usou a torre como um outdoor gigante entre 1925 e 1934. O nome da empresa foi estampado na estrutura com milhares de lâmpadas no que ficou conhecido como o maior anúncio do mundo, segundo o Guinness Book, o livro dos recordes.

Semelhantes?
A Torre Eiffel divide o mesmo apelido da primeira-ministra britânica Margaret Thatcher – La Dame de Fer (“A Dama de Ferro”).

Desmancha tudo!
Em 1960, Charles de Gaulle (general, político e estadista francês que liderou as Forças Francesas Livres durante a Segunda Guerra Mundial) propôs o desmantelamento temporário da torre para enviá-la para uma exposição em Montreal. O plano foi rejeitado.

Torre de Lego
Sempre quis construir sua própria Torre Eiffel? Há um kit de Lego temático que permite que você realize este sonho. Basta montar a estrutura com suas 3.428 peças.

Fãs brasileiros
Os brasileiros estão entre os que mais visitam a torre. O ranking de turistas, por nacionalidade, que mais visitam a estrutura anualmente é o seguinte: 1° lugar: franceses, com 10,4%; 2° lugar: italianos e espanhóis, com 8,1% cada; 3° lugar: norte-americanos, com 7,9%; 4° lugar: ingleses, com 7,4%; 5° lugar, alemães, com 5,8% e em 6° lugar: brasileiros, com 5,5%.

Quase demolida
A torre Eiffel seria demolida em 1909, mas foi salva porque foi reaproveitada como antena de rádio gigante. Já pensou na Paris sem o glamour da torre?


Talvez você também goste