Diversão

Após gravação virar caso de polícia, Marília Mendonça lança clipe de “Graveto” gravado em BH

Reprodução/Instagram

Mesmo de licença maternidade, Marília Mendonça continua apresentando novidades do projeto Todos os Cantos. Na sexta-feira (dia 10), a estrela sertaneja lançou a canção “Graveto”, primeiro lançamento desde o seu afastamento dos palcos.

A faixa apresenta a história de uma relação que já não está bom há algum tempo e a mulher decide encerrar o relacionamento. “Que esfriou demais/ E seu toque não traz/ Não adianta por graveto/ Numa fogueira que não pega mais”, diz a letra.

Após a gravação de “Graveto” em outubro, a Polícia Militar mineira informou que entregaria para o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) um relatório contendo todas as ocorrências registradas durante o show surpresa que a cantora Marília Mendonça fez na segunda-feira (dia 7 de outubro) na Praça da Estação, em BH. Ao entendimento dos policiais, a organização do evento seria responsável pelos 46 registros de violência que aconteceram durante o show.

GRAVAÇÃO EM BELO HORIZONTE VIROU CASO DE POLÍCIA

A responsabilidade sobre os atos seria da equipe que promoveu o show, segundo informações do major Flávio Santiago, porta-voz da PM no Estado, pois eles não avisaram que a estrela do sertanejo seria atração do evento. Sendo assim, a polícia militar justifica que não teve tempo necessário para tomar as medidas necessárias e traçar um planejamento de segurança.

“Os organizadores omitiram que o show seria de Marília Mendonça. Por isso eles serão responsabilizados, sim. A Prefeitura de Belo Horizonte e a PM já estão em produção de um relatório para o Ministério Público, porque com segurança pública não se brinca”, afirmou Santiago segundo informações do site Hoje Em Dia.

De acordo com informações do major, a equipe contratada pela sertaneja poderá ficar responsável por todos os danos e prejuízos causados por causa do show. “Não podemos agir de forma amadora. Com segurança pública nós não brincamos. Qualquer organização de evento precisa interagir (com a PM). E nós não mediremos esforços para noticiar o Ministério Público”, assegurou.

Momentos anteriores à apresentação da goiana ter início, um homem chegou a ser esfaqueado em um bar ao lado da Praça da Estação. Segundo informações da Guarda Municipal, um suspeito chegou a ser preso e a vítima, levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Houve também, uma briga generalizada na Praça Rui Barbosa, em frente à Praça da Estação.

Ainda de acordo com o porta-voz da PM, os organizadores do show surpresa poderão responder pelos incidentes nas esferas cíveis, penais e administrativas.

Fonte: Observatório de Música