Cultura

Fotógrafo Frederico Gomes mostra que, mesmo com tantas tecnologias existentes, a essência da fotografia ainda é a mesma

À primeira vista, um singelo pedaço de papel. Mas, se colocar uma carga emocional em cima, é possível afirmar que uma fotografia permite contar as melhores histórias. Se por um lado os retratos do passado evocam estes sentimentos nostálgicos, por outro as técnicas atuais permitem criar uma série de elementos a partir de um único registro, já que hoje em dia é muito fácil manipular as cenas captadas pelas câmeras.

Fotógrafo Frederico Gomes mostra que, mesmo com tantas tecnologias existentes, a essência da fotografia ainda é a mesma - 1

Independente da época, a certeza é de que as fotografias evoluíram com o tempo. E com essa mudança, a forma de compreender este conteúdo também passa por essa transformação. Diante disso, o fotógrafo Frederico Gomes é taxativo em sua definição: “A fotografia é uma forma de contar histórias através de imagens. E pensar que, dependendo do autor da história. Pode-se contar a história que quiser com as ferramentas que aí estão”.

Fotógrafo Frederico Gomes mostra que, mesmo com tantas tecnologias existentes, a essência da fotografia ainda é a mesma - 2

Voltando ao passado, quem não se lembra dos “lambe-lambe”, não é mesmo? Fotógrafos sempre presentes em praças e parques, era comum e curioso observá-los com o corpo coberto como uma capa, por isso chamavam a atenção onde estavam: “Profissionais como este não se encontram mais, devido à essa facilidade de se tirar retratos atualmente. Mas, seguramente muitas famílias tiveram momentos eternizados pelas câmeras desses personagens quase extintos. Certamente encontrar uma foto daquela época permite que a pessoa nutra uma série de sentimentos gostosos em meios às lembranças, o que mostra que fotografar é uma arte que merece o devido reconhecimento”, observa Frederico.

Fotógrafo Frederico Gomes mostra que, mesmo com tantas tecnologias existentes, a essência da fotografia ainda é a mesma - 3
Frederico Gomes (Foto: Divulgação)

E agora, com a tecnologia que facilitou tanto esse processo? Para Frederico, “hoje quem tem um celular pode ser considerado sim um paparazzi, pois pode estar em qualquer lugar com as câmeras, sem ser notado. As câmeras estão cada dia melhores e as imagens captadas podem ser facilmente captadas e enviadas para outras pessoas”. E pensar que nem sempre foi assim: “Antigamente era necessário um filme, escolher o ambiente para tirar as fotos ideais e depois ainda tinha um trabalho de revelar para depois conferir o resultado. Era um processo árduo que hoje se tornou bastante simplificado, e cada vez mais comum”.

Ainda assim, os profissionais da fotografia ainda se destacam no mercado: “Mesmo com tanta facilidade, é preciso reconhecer que a pessoa capacitada sabe extrair a melhor imagem do equipamento. Além disso, ela tem o domínio das ferramentas que vão permitir transformar aquele retrato em algo digno de ser chamado de arte. Isso ainda é muito valorizado. E, certamente, fazendo as pessoas se apaixonarem ainda mais pelas belas fotografias que são tiradas por aí”, completa.

Fotógrafo Frederico Gomes mostra que, mesmo com tantas tecnologias existentes, a essência da fotografia ainda é a mesma - 4
Frederico Gomes (Foto: Divulgação)
Fotógrafo Frederico Gomes mostra que, mesmo com tantas tecnologias existentes, a essência da fotografia ainda é a mesma - 5
Frederico Gomes (Foto: Divulgação)

Conteúdo produzido e enviado por MF Assessoria

Fonte: Observatório dos Famosos