TV, Filmes & Séries

Por que a Netflix está cancelando tantas séries? Investigamos

A Netflix está cancelando muitas séries recentemente. Primeiro foi One Day at a Time, depois Tuca & Bertie e agora The OA, que curiosamente são séries de poucos fãs, mas fãs apaixonados.

Infelizmente, as três séries tem algo em comum, que é o custo alto e a baixa audiência, o que de certa forma justifica os cancelamentos da Netflix. Mesmo assim, como uma série vai conquistar uma grande audiência ganhando apenas duas temporadas, como no caso de The OA?

Em um artigo, o Yahoo discutiu os cancelamentos da Netflix, dando dois motivos principais que podem tê-los causado.

Por que a Netflix está cancelando tantas séries? Investigamos - 1

Culpa do algoritmo

A Netflix revolucionou a maneira em que consumimos conteúdo, trabalhando com um algoritmo que funciona indicando produções semelhantes as que você já assistiu anteriormente, criando assim um ciclo de indicações que o espectador sempre vai gostar. Isso funciona, mas só até certo ponto.

Séries complexas como The OA não são atrativas para o algoritmo, o que faz com que elas fiquem esquecidas. Portanto, o caminho seria investir em produções que se encaixam bem no algoritmo? Não exatamente.

A verdade é que a Netflix está perdendo assinantes, que estão cansados de se comprometerem a assistir séries que são canceladas precocemente pelo serviço. Por isso, se a Netflix estiver cancelando suas séries se baseando totalmente em algoritmo, está seguindo o caminho errado, já que o ideal é investir em projetos a longo prazo, deixando espaço para que eles consigam aumentar sua audiência naturalmente.

Por que a Netflix está cancelando tantas séries? Investigamos - 2

De olho no futuro

Outra explicação para o cancelamento em massa de séries promovido pela Netflix pode ser a simples vontade do serviço em olhar para o futuro. Recentemente, a Netflix chegou a acordos milionários com diversos produtores de conteúdo, sendo os mais recentes deles os produtores DB Weiss e David Benioff, de Game of Thrones.

Além deles, Shonda Rhimes e Ryan Murphy também assinaram contratos para produzir conteúdo para a Netflix, o que mostra que o serviço está entrando em uma nova era nesse quesito. Se antes a Netflix investia em cineastas desconhecidos, agora ela coloca seu dinheiro em nomes já conhecidos no mercado.

Tudo isso pode ser uma reação desesperada ao Disney+, concorrente que está chegando com tudo nos EUA. De qualquer forma, esperamos que a Netflix encontre um rumo consistente e pare de cancelar suas séries originais precocemente. Os fãs não merecem histórias inacabadas.

Fonte: Observatório do Cinema


Talvez você também goste