TV, Filmes & Séries

SBT acaba com SBT Notícias e Primeiro Impacto terá seis horas de duração

O SBT decidiu acabar com o SBT Notícias, noticiário da madrugada exibido desde setembro de 2016. A emissora de Silvio Santos vai esticar o Primeiro Impacto, que terá início às 4h e irá até às 10h. Nas madrugadas, entre o Operação Mesquita e o novo horário do programa policial, serão exibidas reprises do SBT Brasil da noite anterior, por volta das 3h. As mudanças valem a partir da próxima segunda (17).

O Observatório da Televisão apurou que a mudança ocorrerá por corte de gastos. A emissora entende que não precisa manter dois noticiários tão próximos um do outro na madrugada. Com isso, manterá apenas um gastando bem menos e dando resultado. A intenção também é colocar o Primeiro Impacto para disputar com o Hora 1. O jornalístico de Monalisa Perrone, na Globo, fica ao ar das 4h às 6h.

Existe a avaliação de que o jornal de Monalisa é morno, diferente do Primeiro Impacto, que aposta muito em pautas policiais, e que isso pode dar a liderança para o SBT no horário. Eventualmente, o programa vencia o Hora 1 na audiência, principalmente nas madrugadas de sexta, quando o Ibope está em alta pela noite de quinta-feira da emissora, dia mais forte de sua linha de shows.

Vale ressaltar que aos domingos a série O Crime Não Compensa terá 4 horas de duração. Começando à 0h, a atração reprisará documentários até às 4h, quando se inicia o Primeiro Impacto.

Trajetória do SBT Notícias

O telejornal teve várias versões ao longo dos anos, mas a que teve mais tempo no ar começou em 2016. Nesta época, ele ocupou a madrugada diariamente. O SBT Notícias revelou novos nomes para o jornalismo da emissora, como Cassius Zeilmann, que ancora o telejornal entre 4h45 e 6h.

Todavia, a audiência sempre esteve na casa entre 3 e 4 pontos, não saindo deste patamar. Em 2017, ele chegou a ganhar um aumento e ficou até 9 da manhã no ar, mas por pouco tempo. Com o Primeiro Impacto e a inclusão de Dudu Camargo e Marcão do Povo no jornalístico, o SBT Notícias voltou a ficar no ar apenas até às 6h.

Entretanto, fica a dúvida sobre qual será o futuro dos profissionais que atuam no jornal, como Karyn Bravo, Carolina Aguaidas, Analice Nicolau e Cassius Zeilmann. Ainda não se sabe se eles serão dispensados ou se vão ser reaproveitados de uma outra forma na emissora de Silvio Santos. A expectativa é que eles continuem no canal.

Procurado, o SBT não respondeu até o fechamento desta nota, caso o faça, a matéria será atualizada.

Fonte: Observatório da Televisão


Talvez você também goste