Notícias

De família humilde, MC Myres, mostra a força feminina no cenário musical

Com a visibilidade das mulheres no cenário do funk sendo atingida a partida da cantora Tati Quebra-Barraco, diversas outras artistas passaram a ganhar seus nomes na mídia, mostrando toda a força feminina no meio. Elas começaram a se identificarem com as letras empoderadas da artista sobre libido e liberdade feminina, levando a um crescimento das vozes femininas no funk.

Um desses nomes que vem recebendo os olhares é o da carioca nascida na maior comunidade da América Latina, MC Myres. De família humilde, a artista vem buscando através da música uma forma de lutar por condições melhores e se tornar cada vez mais reconhecida no ramo que lhe permite atingir diálogos sobre assuntos importantes de serem abordados, como os direitos feminino de ser livre.

Ganhando destaque, a artista que atingiu mais de 310 mil ouvintes no Spotify teve suas músicas coreografadas por celebridades como Virginia, Álvaro e Zé Felipe, além de diversos outros. Gerenciada pelo empresário Vitinho Divulga e toda a sua equipe de gestão de carreira, participou de diversos feats como o hit ‘157 – Cafajeste / Pique de Chefe’ que bateu mais de um milhão de visualizações no YouTube, além de estourar no Tik Tok.

MC Myres chegou a gravar em Belo Horizonte, Salvador e São Paulo, o que mostra a simplicidade da artista sendo aceita em todos os territórios brasileiros. “Quero a cada dia mais expandir meu trabalho como artista mostrando que qualquer um pode ser o que quiser, desde que siga os seus sonhos e não desista deles”, finaliza.

De família humilde, MC Myres, mostra a força feminina no cenário musical - 2
MC Myres (Foto: Divulgação)
De família humilde, MC Myres, mostra a força feminina no cenário musical - 3
MC Myres (Foto: Divulgação)

Assessoria: Xênia Dandrade

Quer acompanhar mais as novidades da coluna? Siga Luca Moreira no Instagram e no Twitter!

Fonte: Observatório dos Famosos